/Porquê…por quê…por que…porque..quando usar?


Porquê…por quê…por que…porque..quando usar?

169

por: Equipe Flávia Rita

Hoje vamos conversar sobre um assunto simples, mas que confunde muito: o uso dos porquês. Você sabe quando usar? Muito cobrado pelas bancas, é fundamental saber distinguir as formas corretas para acertar as questões de português para concurso. Vamos aprender como usar: porque, porquê, por que ou por quê?

Quando usar cada um?

Antes de começar, pegue um papel e uma caneta, para anotar os principais pontos e exemplos. Se preferir, pode fazer uma ficha resumo e pegar um café, também..rs..mantenha o foco e a concentração. Vamos lá?

Porque:

Porque  escrito junto e sem acento indica causa ou explicação, sendo muito usado também em respostas ou explicações. Pode ser substituído por “pois” ou “uma vez que”

Observe:

  • Ele não foi aprovado porque não estudou o suficiente.

Por quê

Separado e com acento aparece no final da frase, antes do ponto.

Estudar tanto, por quê?

Porquê

Junto e com acento está acompanhado por artigo e funciona como um substantivo.

Não entendendo o porquê de ele estudar tanto

Por que

Pode ser usado de três formas distintas:

Início de frase interrogativa:

  • Por que ele saiu?

Substituição “por qual razão/ por qual motivo

  • Não sei por que ele não veio a festa!

Substituição “pelo qual” ( pela qual, pelos quais e demais variações)

  • Fabiana não me falou os motivos por que terminou o namoro.

Como é cobrado em prova?

Vamos conferir algumas questões de concurso sobre o assunto?

2018 – Consulplan – CMBH

Assim como em “Por que boa parte dessa nova geração é assim?” (5º§) o uso do “por que” está de acordo com a norma padrão da língua em:

A)A reunião foi suspensa por que?

B)Esse é o motivo por que me atrasei.

C)Ninguém conhece o por que de tal decisão.

D)Não estarei presente por que já tenho um compromisso.

Gabarito: B

2017 – FEPESE – PC-SC

Leia o texto abaixo:

[…] Algumas coisas não mudam nunca – e ainda bem. O céu de Lisboa. A luz de Lisboa. O resto está sempre mudando. Primeiro,…………………………………a cidade recuperou a sua beira-rio com o fim das intermináveis obras do metrô nos arredores da Praça do Comércio. Não sei bem do……………………………….. de tantas obras. Mudar o que já é lindo,……………………………….. ?

Queremos sempre modificar o que já é perfeito?

Ninguém sabe ser tão vintage como Lisboa. Há motivos……………………………….. Lisboa é Lisboa.

Fonte: Revista Viagem e Turismo. Fevereiro de 2017. Texto adaptado.

Assinale a alternativa que completa correta e sequencialmente as lacunas do texto.

a)porque • porquê • por quê • por que

b)porque • porquê • porquê • por que

c)por que • porquê • por quê • porque

d)por que • por que • por quê • porque

e)porquê • porque • por que • por quê

Gabarito: B

2017 – CPCON – UEPB

Avalie as assertivas abaixo, referentes ao enunciado “Use nossas impressoras e descubra por que temos inimigos”, na publicidade acima, e, em seguida, responda ao que se pede.

I- Há equívoco na grafia da palavra “por que”, já que esta deveria ser escrita, de acordo com a norma culta, e nesta situação comunicativa, da seguinte forma: “porque”.

II- A estratégia criativa, proposta na publicidade, de afirmar que “temos inimigos” pode se referir à tese de que a qualidade do produto, sendo incomparável, poderia gerar inveja, perseguição, e, com efeito, inimizade do produto concorrente.

III- Os verbos “use” e “descubra”, nestas circunstâncias frasais, estão em plena harmonia, em termos de uso das pessoas gramaticais, já que ambos estão conjugados na terceira pessoa do singular do imperativo afirmativo.

Está CORRETO o que se afirma apenas em

a) I e II.

b) II e III.

c) I e III.

d) III.

e) II.

Gabarito: letra B

Compartilhe esse post nas suas redes sociais e muito sucesso!

Deixe seu Comentário

Comentários