fbpx

7 erros de português mais comuns em empresas

Equipe Flávia Rita

Dominar a língua portuguesa é fundamental não apenas para a comunicação eficaz, mas também para o desenvolvimento pessoal e profissional. Além disso, entender o português abre portas para a compreensão cultural e o intercâmbio de ideias
erros de português mais comuns em empresas

Entender as regras de língua portuguesa, escrever com clareza e dentro da norma culta é o maior diferencial para você crescer na empresa ou passar em um processo seletivo. Nesse sentido, separamos os 7 erros de português mais comuns em empresas para você fixar na memória e não errar mais.

1- ” A nível de ” ou ” em nível de “

Um dos principais erros que ocorrem, por exemplo, ao escrever um projeto ou e-mail.

Erro: A nível de projeto, precisamos revisar alguns pontos do documento.

Correto: Em relação ao projeto, precisamos revisar alguns pontos do documento

Nesse contexto, a expressão ” a nível de” significa a mesma altura e ” em nível de”  deve ser usado quando existir níveis. Exemplo: Esse projeto só deve ser revisado pelo diretor.

2- Erros de português mais comuns em empresas: ” A” ou ” Há”

Erro tradicional: Trabalho nesse lugar a 8 anos

Correto: Trabalho nesse lugar há 8 anos

Assim, para se referir ao tempo passado deve-se usar o ” há” de acordo com a norma culta. Além disso, o “a”, quando utilizado indicando expressão de tempo deve ser para futuro ou distância. Exemplo: a padaria fica a 5 metros da casa.

3- “anexo”/ “anexa”/”em anexo”

Erro: Encaminho anexo os documentos assinados

Certo: Encaminho anexos os documentos assinados

Dessa forma, anexo é um adjetivo, por isso, de acordo com a norma culta deve concordar em gênero e número com o substantivo no qual se refere. Assim, por exemplo, segue anexa a carta sobre o projeto.

4- ” Eminente”/ ” Iminente”

Erro: Bruna é uma pessoa iminente na família

Certo: Bruna é uma pessoa eminente na família

Logo, este é um dos erros de português mais comuns no trabalho também.  Nesse contexto, eminente significa notável enquanto iminente início, prestes a acontecer,

5- ” Exceção”/ “Excessão”

Erro comum: Nesse documento existem excessões.

Correto: Nesse documento existem exceções

De acordo com a norma culta o correto é exceção. Logo tenha cuidado ao escrever a grafia da palavra.

6- Erros de português mais comuns em empresas: ” a partir”/ ” à partir”

Erro comum: à partir de amanhã será necessária a identificação

Correto: a partir de amanhã será necessária a identificação

Nesse contexto, não existe crase antes do verbo.

7- Deve haver/ Devem haver

Erro tradicional: Devem haver muitas pessoas na plateia.

Correto: Deve haver muitas pessoas na plateia

Assim, o verbo haver, quando usado no sentido de existir é impessoal e deve ser utilizado no singular. Além disso, quando encontra-se acompanhado de um verbo auxiliar, neste exemplo o “deve” também permanece impessoal. Este também é considerado um dos erros mais comuns em empresas.

A importância do português para a sua carreira

Saber escrever de acordo com a norma culta pode abrir muitas portas para a sua carreira, tendo em vista que o profissional que domina a língua portuguesa destaca-se no mercado de trabalho. Portanto, já pensou em investir em um curso específico de português corporativo?

A professora Flávia Rita, referência em língua portuguesa, preparou um curso específico com aulas direcionadas para o ambiente corporativo. Além da parte teórica, o curso conta ainda com aspectos específicos de comunicação corporativa oral e escrita, em que serão abordado assuntos como desenvolvimento de atas, ofícios, apresentações, e muito mais. Um curso completo que será o diferencial para a sua carreira.

CONTINUE LENDO