/Concurso público: 5 Funções do “que” !


Concurso público: 5 Funções do “que” !

53

por: Equipe Flávia Rita

Um dos conteúdos mais cobrados nas provas de português para concurso é o uso do “que”. O termo pode ser usado de várias maneiras diferentes e não é à toa que costuma gerar muitas dúvidas.

Conteúdo cobrado por, praticamente, todas as bancas, dominá-lo é fundamental. Vamos fazer uma revisão? Pegue um café e vamos lá!

Pronome relativo

Uma das funções mais cobradas do “que” nas provas de português para concurso, principalmente, as que são organizadas pela Fundação Carlos Chagas. O pronome relativo pode ser usado para:

  • substituir um termo antecedente
  • unir duas orações
  • Introduzir uma oração subordinada adjetiva

Exemplo:

  • A história que ele contou é maravilhosa
  • Não sei o ( aquilo – demonstrativo) que ( relativo) aconteceu

Partícula expletiva

Conteúdo muito presente nas provas de português para concurso e que, geralmente, confunde muitos estudantes. O que como partícula expletiva ou de realce é um termo que não exerce função sintática ou semântica na frase.

Muita atenção:

Além do vocábulo que pode aparecer as expressões é que.., foi que.., será que..

  • Que coisa interessante!
  • É você que eu gosto

Pronome interrogativo

O que como pronome interrogativo aparece em construções interrogativas e a pergunta pode ser formulada por meio do vocábulo que ou da expressão o que. Observe:

  • O que houve com ele?
  • Que houve com ele?

Conjunção subordinada Consecutiva

Uma das funções do que mais importantes que você precisa saber para gabaritar as provas de português para concurso.

O que usado como conjunção subordinativa consecutiva une orações adverbiais, exprime ideia de consequência e também é precedida de intensificador ( tão, tal, tanto, tamanho..)

  • As pessoas têm tanto medo do futuro que tentam antecipá-lo ( consequência)

Conjunção integrante

Nas provas de português para concurso organizadas pela Fundação Carlos Chagas é uma das mais importantes. Vamos recordar o que é conjunção integrante?

  • Une orações sem retornar termos
  • Introduz oração subordinada substantiva

Exemplo:  A ideia de que o mundo muda é antiga

Como é cobrado nas provas de concurso público?

Confira algumas questões sobre as funções do “que”:

2018 –  FUNDATEC – PCRS

Avalie as assertivas que seguem a respeito da frase retirada do texto: “O Snapchat tem o Snapstreak, que recompensa amigos que trocam snaps todos os dias, encorajando assim o comportamento viciante”.

I- As duas vírgulas poderiam ser retiradas sem causar alteração ao sentido e à sintaxe da frase.

II -Ambas as ocorrências da palavra ‘que’ são pronomes relativos.

III-A última oração, uma reduzida de gerúndio, poderia assumir a forma conquanto encoraje o comportamento viciante, sem provocar qualquer alteração no sentido original do período.

Quais estão INCORRETAS?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e II

d)Apenas I e III.

e)I, II e III.

Gabarito: D

Isso também pode lhe interessar:
  Português para concurso: 5 dicas para resolver questões de prova FCC

2018 – FCC – TRT 24

No trecho Os bancos e as empresas que efetuam pagamentos, no início do primeiro parágrafo, o “que” exerce função pronominal. Outro trecho do texto em que essa palavra exerce a mesma função é:  

a) De acordo com os resultados, cerca de metade das organizações que atuam no campo de pagamentos eletrônicos… (3o parágrafo)

b) Mais de um terço (38%) das organizações reconhece que é cada vez mais difícil detectar se uma transação é fraudulenta ou verdadeira… (1o parágrafo)

c) O estudo revela que o índice de fraudes on-line acompanha o aumento do número de transações on-line…(2o parágrafo)

d) Também vale notar que o desvio de pagamentos pode causar perda de clientes… (3o parágrafo)

e) Conclui-se que a fraude não é o único obstáculo a ser superado… (4o parágrafo)

Gabarito: A

Compartilhe este conteúdo nas suas mídias sociais e muito sucesso!

 

Deixe seu Comentário

Comentários