/Concurso TRT PE: melhores dicas de estudo para reta final!


Concurso TRT PE: melhores dicas de estudo para reta final!

77

por: Equipe Flávia Rita

 

 

Com provas marcadas para o dia 29 de abril, como estão os estudos nessa reta final do concurso TRT PE? Este é o momento de dedicação, foco e abrir mão de muitas coisas para alcançar o seu objetivo. Mas, pode ter certeza de que valerá a pena quando encontrar o seu nome publicado no Diário Oficial da União.

Nessa reta final, faça um planejamento que seja focado, principalmente, em exercício e revisão. Este é o momento de fazer questões de forma exaustiva, para você entender e conhecer o perfil da banca Fundação Carlos Chagas (FCC) e conhecer os tipos de assuntos mais cobrados. Por isso, um dos melhores cursos nessa reta final é o de correção de prova específico para o TRT-PE, em que você poderá fazer uma revisão geral do conteúdo, sobretudo os detalhes.

Não se esqueça de também ficar atento ao tempo de prova, muitos candidatos bem preparados perdem a vaga, porque gastam muito tempo na prova objetiva e se perdem na redação. Como concurseiro, você deve estar preparado e saber administrar o seu tempo de prova. De acordo com o edital, as provas terão a duração de 4 horas:

Separe um dia na semana para fazer simulado. Prepare o ambiente como se você realmente fosse fazer a prova: desligue o celular, separe o material, pegue o cronômetro e comece. É imprescindível que você esteja preparado mentalmente e fisicamente para o dia da prova do concurso TRT PE. Você sabe como estudar português de forma efetiva para a sua prova? Se não, descubra agora!

Você está treinando redação? Nesta reta final, espero que esteja..rs! Não se esqueça de cronometrar o tempo, pois é fundamental saber quanto tempo gasta para elaborar um texto e identificar as suas dificuldades: introdução, desenvolvimento ou conclusão.

  • A letra precisa ser legível. Você pode grafá-la da maneira que quiser!
  • Título não é necessário nas redações da FCC
  • O texto deve ultrapassar 26 linhas. Explore os assuntos!
  • Nas redações, a banca cobra uma reflexão sobre os problemas da sociedade contemporânea.
  • A sua introdução deve ser focada no assunto cobrado pela banca.
  • Na exposição, nem pense em fugir do assunto e exponha as suas ideias de forma lógica. Para isso, você pode usar conectores, citar exemplos e lembre-se de que seus argumentos precisam estar bem fundamentados.
  • A sua redação deve ter: introdução, desenvolvimento e conclusão
  • Na conclusão aponte para a solução do problema. Não invente ou acrescente nada novo.
  • Sugestões de leitura: Estadão, Carta Capital, Exame, entre outros.

O curso mais indicado para você treinar redação é o Oficina de Redação específico para o concurso TRT PE, em que é trabalhado vários temas da atualidade e a correção é feita de forma detalhada, para que você conhecer as suas dificuldades, e melhorá-las até o dia da prova. Quando você for estudar concentre-se apenas no seu objetivo e dê o seu melhor. Desligue celular, redes sociais e não desperdice seu tempo. Pague o preço para realizar o seu sonho. Força!

Concurso TRT 6: oportunidades!

Para nível superior, o concurso TRT 6 tem oportunidades (cadastro reserva) nas áreas de Analista Judiciário, nas especialidades judiciária, oficial de justiça, área administrativa, medicina e tecnologia de informação. A remuneração inicial é R$ 11.006,82.

Para nível médio tem 1 vaga para técnico judiciário ( área administrativa) e cadastro reserva para área de segurança. A remuneração inicial é de R$ 6.708,53.Que tal aproveitar a chance?

O prazo para inscrição começa no dia 8 de fevereiro e vai até 6 de março, sendo o valor de R$ 52,50 para nível médio e R$ 67,50 para nível superior. A inscrição pode ser realizada pelo site da FCC, responsável pelo concurso.

Fig.1: Tribunal Regional do Trabalho ( Pernambuco)

TRT Pernambuco: provas!

Segundo o edital, as provas do certame estão previstas para serem no dia 29 de abril e ocorrerão em Recife. Além disso, no turno da tarde será aplicado prova para o cargo de Analista e na parte da manhã para técnico.

Além das provas objetivas, também terá provas discursivas. Para o cargo de técnico Judiciário, na área de segurança também está prevista a prova de capacidade física.

Concurso TRT 6: conteúdo programático

Um dos cargos mais concorridos será o de Técnico Judiciário, na área administrativa, que exige apenas nível médio e a remuneração é mais de R$ 5 mil. Que tal aproveitar a oportunidade? De acordo com o edital, serão cobrados os seguintes conteúdos:

Fig.2 – Leia com atenção o conteúdo programático.

Língua Portuguesa: Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Articulação do texto: coesão e coerência. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da Crase. Ortografia e acentuação. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação.

Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático: Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas. Frações e operações com frações. Números e grandezas proporcionais: razões e proporções; divisão em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

Noções de informática: Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows 7, 8 e 10). Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office 2010, 2013 e LibreOffice 5 ou superior). Redes de computadores: Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e Intranet; Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome); Programas de correio eletrônico (Microsoft Outlook e Mozilla Thunderbird); Sítios de busca e pesquisa na Internet; Grupos de discussão; Redes sociais; Computação na nuvem (cloud computing). Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação: Procedimentos de segurança; Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais; Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.); Procedimentos de backup; Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência (Resolução CNJ nº 230/2016 – art. 19): Inclusão, direitos e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015; Lei nº 11.126/2005 e Constituição Federal). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade 29 reduzida (Lei nº 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004). Prioridade de atendimento às pessoas portadoras de deficiência (Lei nº 10.048/2000 e Decreto 5.296/2004). Direitos no sistema de transporte coletivo (Lei nº 8.899/1994) e Decreto 3.691/2000). Símbolo de identificação de pessoas portadoras de deficiência auditiva (Lei nº 8.160/1991). Normas de apoio às pessoas portadoras de deficiência e sua integração social (Lei nº 7.853/1989 e Decreto 3.298/1999). Legislação e ética no serviço público: Ética e moral. Ética, princípios e valores. Ética e democracia: exercício da cidadania. Ética e função pública.

Ética no Setor Público: Estatuto de Ética Profissional do Servidor do TRT da 6ª Região. Lei nº 8.112/1990 e suas alterações: Provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; Direitos e vantagens; Regime disciplinar: deveres, proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades, processo administrativo disciplinar. Lei nº 8.429/1992: disposições gerais, atos de improbidade administrativa

Noções de Direito Constitucional: Constituição: dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos; dos direitos sociais; da nacionalidade; dos direitos políticos; dos partidos políticos. Da organização político-administrativa: das competências da União, Estados e Municípios. Da Administração Pública: disposições gerais; dos servidores públicos. Do Poder Executivo: das atribuições e responsabilidades do presidente da república. Do Poder Legislativo: da fiscalização contábil, financeira e orçamentária. Do Poder Judiciário: disposições gerais; do Supremo Tribunal Federal; do Conselho Nacional de Justiça: Organização e Competência; do Superior Tribunal de Justiça; dos Tribunais Regionais Federais e dos Juízes Federais; do Conselho Superior da Justiça do Trabalho: Organização e Competência; Do Tribunal Superior do Trabalho, Dos Tribunais Regionais do Trabalho e dos Juízes do Trabalho. Das funções essenciais à Justiça: do Ministério Público; da Advocacia Pública; da Advocacia e da Defensoria Pública.

Noções de Direito Administrativo: Princípios básicos da Administração Pública. Administração direta e indireta. Órgãos públicos. Agentes Públicos. Ato administrativo: requisitos, atributos, classificação, espécies, revogação, invalidação e convalidação do ato administrativo. Poderes e deveres dos administradores públicos: uso e abuso do poder, poderes vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar, poder de polícia, deveres dos administradores públicos. Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais: Lei nº 8.112/90 com alterações posteriores. Provimento. Vacância. Direitos e Vantagens. Dos deveres. Das proibições. Da acumulação. Das responsabilidades. Das penalidades. Do processo administrativo disciplinar e sua revisão. Licitação e contratos administrativos: Lei nº 8.666/93 com alterações posteriores: Dos princípios. Das modalidades. Dos contratos. Da execução. Da inexecução e da rescisão. Das sanções. Lei nº 10.520/02: Do pregão. Do processo administrativo (Lei n° 9.784/99). Improbidade Administrativa (Lei nº 8.429/92).

Noções de Direito do Trabalho: Dos princípios e fontes do Direito do Trabalho. Hierarquia das fontes. Dos direitos constitucionais dos trabalhadores (art. 7º da CF/88). Da relação de trabalho e da relação de emprego: características e diferenciação. Dos sujeitos do contrato de trabalho stricto sensu: do empregado e do empregador: conceito e caracterização. Do grupo econômico e suas implicações no contrato de trabalho; da sucessão de empregadores; da responsabilidade solidária. Terceirização e flexibilização. Do contrato individual de trabalho: conceito, classificação e características. Da alteração do contrato de trabalho: princípio informador; alteração unilateral e bilateral; o jus variandi. Da suspensão e interrupção do contrato de trabalho: caracterização e distinção; hipóteses de suspensão e de interrupção do contrato de trabalho. Hipóteses de rescisão do contrato de trabalho. Do aviso prévio: prazo e efeitos no contrato de trabalho. Da duração do trabalho; da jornada de trabalho; dos períodos de descanso; do intervalo para repouso e alimentação; do descanso semanal remunerado; do trabalho noturno e do trabalho extraordinário. Do salário-mínimo; irredutibilidade e garantia. Das férias: do direito a férias e da sua duração; período concessivo e período aquisitivo de férias; da remuneração e do abono de férias. Do salário e da remuneração: conceito e distinções; composição do salário; modalidades de salário; formas e meios de pagamento do salário; adicionais salariais; 13º salário. Da prescrição e decadência: conceito, características, distinção e prazos. FGTS. Da segurança e medicina no trabalho: das atividades perigosas ou insalubres. Da proteção ao trabalho do menor. Estatuto da Criança e do Adolescente. Da proteção ao trabalho da mulher; da estabilidade da gestante; da licençamaternidade. Do direito coletivo do trabalho: organização sindical. Liberdade sindical (Convenção 87 da OIT); conceito de categoria e categoria diferenciada; das convenções e acordos coletivos de trabalho. Das comissões de Conciliação Prévia. Da representação dos empregados. Da renúncia e transação.

 Noções de Direito Processual de Trabalho: Fontes de Direito Processual do Trabalho. Da Justiça do Trabalho: organização e competência (EC 45/2004). Das Varas do Trabalho e dos Tribunais Regionais do Trabalho: jurisdição e competência. Do Tribunal Superior do Trabalho: competência e composição. Dos serviços auxiliares da Justiça do Trabalho: das secretarias das Varas do Trabalho e dos distribuidores. Do processo judiciário do trabalho: princípios específicos do processo do trabalho. Aplicação subsidiária e supletiva do CPC ao processo do trabalho. Audiência trabalhista: da instrução e julgamento; provas testemunhais, documentais e periciais. Do procedimento ordinário e procedimento sumaríssimo. Dos recursos no processo do trabalho: espécies e prazos. Execução: iniciativa da execução; execução provisória; execução contra a fazenda pública; execução contra a massa falida. Citação; depósito da condenação e da nomeação de bens; mandado e penhora; bens penhoráveis e impenhoráveis. Embargos à execução; impugnação à sentença; embargos de terceiro. Praça e leilão; arrematação; remição; custas na execução. Do Processo Judicial Eletrônico: peculiaridades, características e prazos; normas aplicáveis ao processo judicial eletrônico. Súmulas da Jurisprudência uniformizada do Tribunal Superior do Trabalho sobre Direito Processual do Trabalho.

Noções de Orçamento Público: Princípios Orçamentários. Orçamento na Constituição Federal: arts. 165 a 169. Lei nº 4.320/1964: exercício financeiro; despesa pública (empenho, liquidação, pagamento); créditos adicionais; restos a pagar; suprimento de fundos.

Confira o edital completo do concurso do concurso TRT 6.

 

Deixe seu Comentário

Comentários