fbpx

TJMA: certame terá questões objetivas de português, redação e estudo de caso

Equipe Flávia Rita

Certame visa preencher 41 vagas imediatas mais cadastro reserva para os cargos de Técnico Judiciário, Oficial de Justiça e Analista Judiciário. Os salários iniciais são de R$ 4.960,21, R$7.724,00 e R$9.234,83, respectivamente, além do auxílio alimentação de R$1.750,00. Continue a leitura e saiba mais detalhes do edital. Ao final, baixe o e-book gratuito com questões comentadas e provas anteriores do Instituto Consulplan e comece a se preparar!
tjma

Mais um edital acaba de sair: TJMA!

Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) acaba de lançar um edital para preencher 41 vagas imediatas mais cadastro reserva para os cargos de Técnico Judiciário, Oficial de Justiça e Analista Judiciário. Os salários iniciais são de R$ 4.960,21, R$7.724,00 e R$9.234,83, respectivamente, além do auxílio alimentação de R$1.750,00. Uma oportunidade de ouro!

A banca responsável por organizar o certame, que terá entre 10 e 15 questões de Língua Portuguesa, além de redação e estudo de caso, é o Instituto Consulplan.

Continue a leitura e saiba mais detalhes do edital. Ao final, baixe o e-book gratuito com questões comentadas e provas anteriores do Instituto Consulplan e comece a se preparar!

A Língua Portuguesa no TJMA

Dominar a Língua Portuguesa é importante para realizar qualquer concurso, a disciplina sempre é cobrada, seja nas objetivas ou nas discursivas. Nesse sentido, na prova do concurso do TJMA, o português será avaliado nas objetivas, redação e estudo de caso.

A seguir você vai saber mais sobre cada uma dessas cobranças.

Objetiva

A prova objetiva de Língua Portuguesa para o cargo de Técnico Judiciário terá 15 questões, valendo 1 ponto cada. De acordo com o edital, você deverá saber o seguinte conteúdo programático:

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados;
  • Reconhecimento de tipos e gêneros textuais;
  • Domínio da ortografia oficial;
  • Domínio dos mecanismos de coesão textual;
  • Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual;
  • Emprego de tempos e modos verbais;
  • Domínio da estrutura morfossintática do período;
  • Emprego das classes de palavras;
  • Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração;
  • Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração;
  • Emprego dos sinais de pontuação;
  • Concordância verbal e nominal;
  • Regência verbal e nominal;
  • Emprego do sinal indicativo de crase;
  • Colocação dos pronomes átonos;
  • Reescrita de frases e parágrafos do texto;
  • Significação das palavras;
  • Substituição de palavras ou de trechos de texto;
  • Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto;
  • Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Já a objetiva para os cargos de Analista Judiciário e Oficial de Justiça terá 10 questões de português, com peso de 1,5. Para essas vagas, você deverá saber o seguinte conteúdo programático:

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados;
  • Reconhecimento de tipos e gêneros textuais;
  • Domínio da ortografia oficial;
  • Domínio dos mecanismos de coesão textual;
  • Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual;
  • Emprego de tempos e modos verbais;
  • Domínio da estrutura morfossintática do período;
  • Emprego das classes de 28 palavras;
  • Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração;
  • Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração;
  • Emprego dos sinais de pontuação;
  • Concordância verbal e nominal;
  • Regência verbal e nominal;
  • Emprego do sinal indicativo de crase;
  • Colocação dos pronomes átonos;
  • Reescrita de frases e parágrafos do texto;
  • Significação das palavras;
  • Substituição de palavras ou de trechos de texto;
  • Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto;
  • Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Parece ser muita coisa para aprender, porém, com esforço e dedicação você consegue tirar de letra!

Discursiva: Estudo de Caso e Redação

Além de se sair bem nas questões objetivas, para conseguir ficar entre os primeiros colocados você deverá dominar as normas gramaticais e elaborar uma boa redação ou um excelente estudo de caso, a depender do cargo que for concorrer.

Se você vai se candidatar para os cargos de Analista Judiciário ou Oficial de Justiça terá que responder uma questão discursiva envolvendo estudo de caso, podendo versar sobre tema comum ou de conhecimentos específicos dos respectivos cargos. Agora, se você quer uma vaga de Técnico Judiciário terá que escrever uma redação sobre tema da atualidade. Ambos deverão conter o mínimo de 20 e o máximo de 30 linhas.

As provas serão avaliadas na escala de 0 a 30 pontos, conforme explica a tabela abaixo:

Perfil da Prova de Português do Instituto Consulplan

  • Apresenta uma preferência por textos longos, os quais ensejam a cobrança de questões de interpretação de texto e vocabulário;
  • É comum ver alguns conteúdos de gramática normativa;
  • No geral, as questões concentram-se em conteúdos de interpretação de texto, os quais correspondem, geralmente, a 50% da prova;
  • As questões discursivas e as provas de redação trazem um maior peso do critério de expressão, de maneira que eventuais incorreções gramaticais poderão custar muitos pontos para os candidatos;

Saiba mais sobre o edital TJMA

  • Quantidade de vagas: 41 imediatas + cadastro reserva;
  • Cargos: Técnico Judiciário, Analista Judiciário e Oficial de Justiça;
  • Remuneração inicial: R$ 4.960,21 (Técnico Judiciário), R$7.724,00 (Oficial de Justiça) e R$9.234,83 (Analista Judiciário);
  • Benefícios: auxílio-alimentação de R$1.750,00;
  • Banca: Instituto Consulplan;
  • Inscrição: serão efetuadas exclusivamente pela Internet, na página do Instituto Consulplan (www.institutoconsulplan.org.br), no período de 16h00min do dia 29 de abril de 2024 às 16h00min do dia 3 de junho de 2024. Valores: Técnico Judiciário (todas as especialidades): R$70,00 / Analista Judiciário (todas as especialidades): R$100,00 / Oficial de Justiça: R$90,00;
  • Data e local de prova: a prova será aplicada nos dias 14/07/2024 e 21/07/2024, a depender do cargo, nas cidades de São Luís/MA, Imperatriz/MA e Caxias/MA de acordo com a opção escolhida pelo candidato ou candidata no ato da inscrição.

Cronograma previsto

  • Inscrições: de 29 de abril de 2024 a 3 de junho de 2024;
  • Isenção da taxa: poderá ser solicitada somente entre 16h00min do dia 29 de abril de 2024 às 16h00min do dia 2 de maio de 2024; 
  • Provas objetivas e discursivas: 14/7/2024 e 21/7/2024;
  • EDITAL.

CONTINUE LENDO