fbpx

Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN – Edital Resumido

Equipe Flávia Rita

O edital do concurso público para o Departamento Penitenciário Nacional -DEPEN – foi publicado para provimento de diversos cargos, com remunerações de mais de R$6.000,00. Para quem tem interesse no concurso e precisa apertar seus estudos nesse momento, deverá dar mais ênfase nas matérias mais complexas e naquelas que sente mais dificuldade, de forma a separar mais tempo para as sessões de revisão geral dos conteúdos. Para isso, uma preparação estratégica, com foco exclusivo na banca organizadora do certame, Cespe/Cebraspe, direcionada à resolução de questões de Língua Portuguesa, assim como uma Oficina de Redação específica serão essenciais para garantir a vaga no órgão penitenciário, uma vez que a disciplina representa parte substancial da nota total, sendo avaliada tanto nas questões objetias quanto na discursiva.

Informações gerais do Edital do concurso para o DEPEN – Departamento Penitenciário Nacional

  • BANCA: CESPE / CEBRASPE
  • VAGAS: 309
  • INSCRIÇÃO: 15/5/2020 a 5/6/2020, das 10 horas do primeiro dia às 18 horas do último dia
  • DATA DAS PROVAS: 6/9/2020
  • ESCOLARIDADE: Médio e superior
  • DAS VAGAS/REQUISITOS:
Cargo/Área REQUISITOS VAGAS REMUNERAÇÃO
Cargo 1: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Enfermagem diploma de curso de graduação em Enfermagem 9 R$ 5.865,70
Cargo 2: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Médico Clínico diploma de curso de graduação em Medicina 1
Cargo 3: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Médico Psiquiatra diploma de curso de graduação em Medicina 1
Cargo 4: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Odontologia diploma de curso de graduação em Odontologia 1
Cargo 5: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Psicologia diploma de curso de graduação em Psicologia 1
Cargo 6: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Serviço Social diploma de curso de graduação em Serviço Social 1
Cargo 7: Especialista Federal em Assistência à Execução Penal – Área: Terapia Ocupacional diploma de curso de graduação em Terapia Ocupacional 1
Cargo 8: Agente Federal de Execução Penal conclusão de curso de nível médio, e CNH de, no mínimo, categoria “B” 294 R$ 6.030,23

Das Etapas do concurso do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN

ESPECIALISTA FEDERAL EM ASSISTÊNCIA À EXECUÇÃO PENAL – CARGOS/ÁREAS 1 A 7

ETAPA PROVA/TIPO NÚMERO DE ITENS CARÁTER
Primeira etapa (P1) Objetiva Conhecimentos básicos 40 Eliminatório e classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos específicos 50
(P3) Objetiva Conhecimentos Complementares 30
(P4) Discursiva Texto dissertativo de até 30 linhas
Exame de aptidão física Eliminatório
Avaliação de saúde Eliminatório
Avaliação psicológica Eliminatório
Investigação social Eliminatório
Segunda etapa Curso de formação profiss Eliminatório e classificatório

AGENTE FEDERAL DE EXECUÇÃO PENAL – DEPEN

ETAPA PROVA/TIPO NÚMERO DE ITENS CARÁTER
Primeira etapa (P1) Objetiva Conhecimentos básicos 30 Eliminatório e classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos específicos   50  
(P3) Objetiva Conhecimentos Complementares   40  
(P4) Discursiva Texto dissertativo de até 30 linhas    
  Exame de aptidão física Eliminatório
  Avaliação de saúde Eliminatório
  Avaliação psicológica Eliminatório
  Investigação social Eliminatório
Segunda etapa Curso de formação profissional Eliminatório e classificatório

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos/áreas de Especialista Federal em Assistência à Execução Penal terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 6/9/2020, no turno da manhã.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de Agente Federal de Execução Penal terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 6/9/2020, no turno da tarde.

Das Provas do Concurso do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN 

DAS PROVAS OBJETIVAS

As provas objetivas terão caráter eliminatório e classificatório e valerão o total de 120,00 pontos.

As provas objetivas serão constituídas de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item se dará a partir da avaliação entre CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item.

DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS

A nota em cada item das provas objetivas será igual a 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas. Contudo, haverá a dedução de 1,00 ponto se a resposta do candidato se encontrar em discordância com a prevista no gabarito oficial definitivo. Caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E), será atribuida nota 0,00 à questão.

Para se preparar para as questões de Língua Portuguesa segundo o estilo de cobrança e com foco nas matérias preferidas da banca, confira nosso curso específico: Teoria + Exercícios para o concurso do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN.

DA PROVA DISCURSIVA

A prova discursiva será avaliada em 20,00 pontos e consistirá de uma redação de texto no formato dissertativo-argumentativo, limitado a 30 linhas, a respeito de tema de atualidades.

Não deixe de focar também no treino de redações nos formatos de correção da banca Cespe. Se quiser, confira nosso curso de Oficina de Redação para o Concurso do Departamento Nacional Penitenciário.

DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA PROVA DISCURSIVA

A prova discursiva de cada candidato será submetida a duas avaliações: uma avaliação de conteúdo e uma avaliação do domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

A prova discursiva será corrigida conforme os critérios a seguir.

a) a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada ao valor de 20,00 pontos;

b) a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos de natureza gramatical, tais como: grafia, morfossintaxe, e propriedade vocabular;

c) será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido;

d) será calculada, então, a nota na prova discursiva (NPD) pela fórmula NPD = NC − 4 × NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número total de linhas efetivamente escritas pelo candidato;

e) será atribuída nota zero ao texto que obtiver NPD < 0,00;

f) nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota igual a zero.

Será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NPD ≥ 10,00 pontos.

Caso queira saber mais sobre os critérios de correção do CESPE para provas dissertativas, confira nosso texto:

 DA LOTAÇÃO

Os candidatos aprovados serão lotados na Sede do DEPEN, em Brasília/DF, ou em uma das cinco penitenciárias federais, localizadas nas cidades de Brasília/DF, Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho/RO, de acordo com o interesse e a necessidade da Administração.

Dos conteúdos de Lingua Portuguesa para o Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN

A Língua Portuguesa será avaliada em sete domínios:

  1. Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.
  2. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.
  3. Domínio da ortografia oficial.
  4. Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais.
  5. Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos.
  6. Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.
  7. Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Padrão Ofício.

Caso tenha alguma dúvida sobre os cursos e sobre qual será o mais recomendado para você, não deixe de entrar em contato conosco pelos telefones

Caso tenha algum assunto que gostaria de ler por aqui, deixe sua sugestão na seção de comentários.

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO