/Português para concurso: importância da concordância verbal !


Português para concurso: importância da concordância verbal !

803

por: Equipe Flávia Rita

Neste post, você vai conferir as melhores dicas sobre concordância verbal, conteúdo recorrente e um dos mais cobrados nas provas português para concurso. Vamos lá?

Concordância verbal concurso: o que é?

A concordância verbal refere-se ao verbo em relação ao sujeito, ou seja, o verbo da frase deve concordar em número (singular ou plural) e em pessoa com o sujeito. Desta forma, quando você for analisar uma frase, defina quem é o sujeito e depois veja se o verbo está concordando.

Essa é uma das principais estratégias para você resolver questões de concurso concordância verbal.  Mas, não se preocupe, porque vamos falar sobre isso ainda, viu? Lembre-se de que a regência envolve a harmonização da frase.

Regras básicas da concordância verbal

Prepare um café e concentre-se, pois, essa é uma das partes mais importantes do texto e você vai precisar ter foco, para aprender concordância verbal. Portando, desligue o seu celular e deixe para acessar as redes sociais depois.  Vamos lá?

Identificou o sujeito da frase?

Se ele for simples, singular ou plural, o verbo vai concordar com ele.

  • Os estudantes passaram no concurso
  • Eu vou passar no meu próximo concurso.

Agora, MUITA atenção porque vamos falar sobre  a concordância verbal do sujeito composto.

A concordância verbal deve ser feita no plural quando o sujeito for composto e ANTEPOSTO ao verbo:

  • Lúcia e Patrícia estudaram muito!

Mas, se o sujeito for POSPOSTO pode concordar no plural ou com o núcleo do sujeito mais próximo:

  • Faltou força de vontade e persistência
  • Faltaram força de vontade e persistência

Não se  esqueça de que se ocorrer ideia de reciprocidade a concordância é feita de forma OBRIGATÓRIA no plural:

  • Abraçaram-se a mãe e o filho

Verbo com o pronome apassivador “Se”: há concordância com o sujeito

  • Analisou-se o plano de estudo

Núcleos do sujeito ligados por “ou”: verbo permanece no singular se houver ideia de exclusão: verde ou lilás será a cor da casa.

Se o sujeito for composto por expressões partitivas como a maioria de, grande número de, a maior parte de seguidas por meio de um substantivo ou pronome no plural o verbo poderá ficar no singular ou plural:

  • A maioria dos estudantes PASSOU no TRT.
  • A maioria dos estudantes PASSARAM no TRT

O sujeito é pronome relativo “que” o verbo concorda com o antecedente do pronome

  • Fui eu que emprestei o livro
  • Fomos nós que emprestamos o livro

Concordância verbal do sujeito composto por nomes que aparecem no plural : se o sujeito não vier precedido de artigo, o verbo ficará no singular. Mas, se ele vier antecedido de artigo, o verbo vai concordar com ele.

  • Os Estados Unidos são uma das principais potências econômicas.
  • Estados Unidos é um dos principais destinos de viagem dos brasileiros

 

 

Português para concurso: regência de verbos!

Nessa parte sobre concordância verbal, separei a regência de vários verbos que são cobrados nas provas de concurso público e podem causar muita confusão. Não se esqueça de fazer uma lista com os principais verbos que você encontrar fazendo exercício, viu?

 

Aspirar:

VTD: respirar, sorver

  • Aspiramos o ar poluído das metrópoles

VTI: desejar, pretender

Maria aspirava a sua aprovação

Assistir

VTI: estar presente, presenciar

  • Ontem assistir ao meu filme preferido

VTD ou VTI: prestar assistência

  • O médico assiste o paciente

VI: morar, residir

  • Lúcia assiste em Belo Horizonte

Chegar

VI – indica lugar e exige a preposição a

  • Cheguei ao shopping de carro

Pisar 

VTD

  • Eu não piso o chão que você pisa

Chamar, convocar, convidar

VTD e ocasionalmente podem aparecer seguidos de adjunto adverbial de lugar

  • Chamou o rapaz para um evento

Visar

No sentido de colocar o visto é verbo transitivo direto

  • O gerente visou as contas ontem.

No sentido de mirar é verbo transitivo direto

  • Visou o alvo e acertou

No sentido de desejar/almejar é verbo transitivo indireto

  • Visamos à aprovação no concurso público.

     E-book GRATUITO: 31 verbos que vão cair na sua prova!

 Referir-se

É sempre transitivo indireto e exige a preposição “a”.

Verbo pronominal, pronome é parte integrante do verbo.

  • A moça à qual nos referimos, mora em São Paulo.

Dispor

Verbo irregular da 2ª conjugação, sua regência pode ser transitivo direto, transitivo direto e indireto, intransitivo e pronominal.

  • Maria dispôs as compras sobre a mesa para o jantar

Querer

No sentido de  desejar é verbo transitivo direto

  • Queria o sucesso profissional.

No sentido de estimar é verbo transitivo indireto

  • Queria aos colegas do trabalho.

Concordância verbal: Treino!

2018 – FCC – MPE-PE

Há adequada correlação entre os tempos verbais e pleno atendimento às normas de concordância na frase:

A) Houvesse no gato e no cachorro outros atributos característicos desses animais, não seria aceitável a analogia que faz o ditado chinês entre eles e os gêneros literários.

Caso não se compreenda bem as distinções entre prosa e poesia, não seria fácil distinguir entre as alusões que o ditado chinês faz ao comportamento do gato e do cachorro.

As atribuições em que se empenham o ditado chinês para distinguir entre cachorro e gato dificilmente fossem compreensíveis sem a consciência do que seja as artes da poesia e da prosa.

Se o cachorro encarnasse alguns dos atributos da poesia e o gato alguns da prosa, o ditado chinês poderá ser contestado quanto às analogias que promovem.

À medida que fôssemos observando o comportamento do cachorro e do gato, seremos levados a concordar com o que se asseguram nas palavras do ditado chinês.

Gabarito: A

2018 – FCC – SEAD-AP

O verbo em destaque deve sua flexão ao elemento sublinhado em:

A)…tiravam homens e mulheres das prisões asfixiantes que eram suas vidas…

Mas, além disso, nos ensina como é pequeno o mundo real...

…com os mundos que somos capazes de fantasiar…

As histórias que inventamos constituem a vida secreta de todas as sociedades

O progresso nasceu assim, da insatisfação

Gabarito: B

FCC – TRE/AM – Técnico

A frase em que a grafia respeita totalmente o padrão culto escrito é:

a) À exceção dos que se abstiveram de opinar sobre a qualidade dos serviços, os participantes da pesquisa puderam usufruir gratuitamente de um dia de lazer no hotel.

b) A escursão prometida não ocorreu, pois o número de interessados foi excessivo; mas até isso colaborou para o explendor da viagem, pois o desconto oferecido surpreendeu.

c) Casualmente encontraram-se no saguão; ela parecia advinhar o que ele tinha a lhe dizer, por isso não lhe deu oportunidade de ser posta em cheque.

d) Considerou ultrage o comentário adivindo o seu sucessor, mas, para preservar-se, abdicou de dar-lhe resposta à altura.

e) Com a dispensa abarrotada de produtos nobres, não exitou um minuto ao negar um jantar aos participantes do programa de inclusão social.

Gabarito A

Qual conteúdo você tem mais dificuldade? Deixe o seu comentário e não se esqueça de compartilhar as dicas nas suas redes sociais.

2018 – Instituto AOCP – TRT RJ

O seguinte excerto “[…] um dia vai talvez reivindicar o direito ao grito.”, ao ser transposto para a voz passiva analítica, terá como resultado: 

A ) o direito ao grito vai talvez ser reivindicado.
o direito ao grito será talvez reivindicado.
o direito ao grito talvez reivindicar-se-á.
reivindicará o direito ao grito.
 irá talvez reivindicar o direito ao grito.
Gabarito: A
2018 – Instituto AOCP – TRT-RJ

“O tempo escasseia e os mesmos exatos 60 minutos que a física diz que uma hora contém viram uma fração ínfima do tempo de que precisamos.”

O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o verbo grifado na frase apresentada está grifado em

 A)“O tempo é uma grandeza física.”.

“Ah, se pudéssemos ao menos ver o tempo […]”.

 “[…] efetivamente estou me lembrando da situação”.

“[…] como se os ponteiros do relógio (alguém ainda usa modelo analógico?) parecessem pesados.”.

E)  “[…] você estará no Largo do Boticário, no Rio de Janeiro […]”.

Gabarito: A

2018 – FCC – MPE-PE

O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se de modo a concordar com o elemento sublinhado na seguinte frase:

Entre as várias atrações que (conter) um livro, uma é a de tornar-se um objeto do afeto de quem o possui.

Se há imagens pelas quais se (deixar) prender um espectador, há palavras que encantam um leitor.

Quando há num livro imagens excessivas, que (contaminar) um texto, as palavras saem desvalorizadas.

A despeito de (haver) nele figuras demais, esse livro infantil atrai também um leitor adulto.

Aos frequentadores da internet (atrair) sobretudo o volume de informações que nela circulam.

Gabarito: B

2018 – FCC – MPE

Há presença de forma verbal na voz passiva e adequada correlação entre os tempos e modos verbais na frase:

Quando se chegasse à idade avançada dos quinze anos, não deverão faltar ao aniversariante os dotes máximos da imaginação.

As corridas que se apostam no mundo dos negócios constituem uma prova de que os homens perdem tempo com tolos desafios.

Aqueles a quem a loucura sempre espantará não teriam aproveitado o uso saudável da imaginação mais criativa.

Se o mundo um dia surgir como irreconhecível, você terá imaginado que, além de você mesmo, também ele enlouqueceu.

Por pior que fosse uma mentira ela terá sempre o dom de apelar para a imaginação de que a realidade costumasse se esquivar.

Gabarito: B

2017 – Quadrix – CRF- AL

Se o período “Depois a gente conversa” fosse reescrito, com a substituição da expressão “a gente” por um pronome pessoal, a forma verbal ficaria flexionada:

na primeira pessoa do singular.

na primeira pessoa do plural.

na segunda pessoa do singular.

na segunda pessoa do plural.

na terceira pessoa do singular.

Gabarito: B

2018 – IDECAN – CRF SP

Dentre os trechos destacados a seguir, verifica-se marcador de temporalidade em todos, não se considerando os tempos verbais, EXCETO em:

“As autoras se conheceram enquanto estudavam literatura […]” (3º§)

“Entre um debate sobre um romance e outro, viraram amigas […]” (3º§)

“Desde 2013, pacientes com doenças psiquiátricas recebem indicações […]” (4º§)

“A iniciativa britânica foi implementada com base numa série de pesquisas recentes […]” (5º§)

Gabarito: B

2018 – UFTM

Assinale a alternativa em que o verbo está empregado nos mesmos tempo e modo que o verbo em destaque no trecho “Essa teoria pressupunha que é a classe operária quem produz a riqueza…”:

“Depois de tantos erros, é hora de refletirmos sobre o que aconteceu e recuperarmos a utopia da sociedade fraterna e menos desigual.”

“É evidente que isso depende de uma série de fatores e condições, que não se encontram em todos os países.”

“Por isso mesmo, não se pode imaginar que todas elas contribuam na mesma proporção para o enriquecimento da sociedade.”

“O equívoco de Marx estava em ignorar que, sem o capitalista, ou seja, sem o empreendedor, a produção da riqueza é quase inviável.”

Gabarito: D

2013 – FUNCAB – PC/ES

Como ficaria o verbo da frase “Dispenso fofocas e fofoqueiros.”, flexionado na voz passiva sintética?

Dispensam-se.

São dispensadas.

Seriam dispensadas.

Foram dispensadas.

Fossem dispensados.

Gabarito: A

2018 – FUNDATEC – SULGÁS

Assinale a alternativa cuja conversão da frase “Nas residências, usa-se o gás natural para o aquecimento ambiental e de água” para a voz passiva analítica está correta.

Nas residências, o gás natural é usado para o aquecimento ambiental e de água.

Nas residências, o gás natural se usa para o aquecimento ambiental e de água.

Nas residências, o gás natural tem sido usado para o aquecimento ambiental e de água.

Nas residências, o gás natural será usado para o aquecimento ambiental e de água.

Nas residências, o gás natural era usado para o aquecimento ambiental e de água.

Gabarito: A

2018 – FUNDATEC – Câmara Municipal de Eldorado do Sul – RS

Na frase “começou-se a construir uma carreira”, tem-se o uso da voz passiva sintética, em que o pronome apassivador “se” está associado a um verbo ativo da terceira pessoa. Em qual das seguintes alternativas pode ser notada essa mesma ocorrência?

Alugou-se a casa no mês passado.

Necessitou-se de funcionários experientes.

Comeu-se bem naquele restaurante.

Precisou-se de ajudantes esforçados.

Trata-se de histórias muito engraçadas.

Gabarito: A

  • Qual conteúdo de português para concurso você tem mais dificuldade? Deixe o seu comentário e compartilhe o texto nas suas mídias sociais.
  • Não perca:

 

Deixe seu Comentário

Comentários