/COMO MELHORAR SEU RENDIMENTO NAS QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS


COMO MELHORAR SEU RENDIMENTO NAS QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS

263

por: Equipe Flávia Rita

Nesse texto você irá aprender a como melhorar seu rendimento nas questões de concursos públicos. Muitas pessoas já sabem que fazer questões é uma parte essencial dos estudos, mas muitas também não sabem como ampliar seu rendimento de maneira controlada. Vamos ver isso então?


Se você começou a estudar agora, muito possivelmente já se pegou pensando em como melhorar seu rendimento nos estudos e, se chegou a esse ponto, com certeza já escutou falar que praticar o conteúdo estudado com exercícios é a melhor maneira de se fixar a matéria aprendida.

Ao começar a fazer exercícios, você irá reparar que eles são, sim, uma forma bastante efetiva para fixação e revisão das disciplinas, porém, caso as questões não sejam resolvidas de uma maneira correta, você também irá perceber que seu rendimento estará estagnado. Mas, então, qual a maneira correta de se estudar com exercícios e, ao mesmo tempo, alcançar os resultados esperados?

Primeiramente, é necessário ter claras as metas que você pretende alcançar. Posteriormente, estabelecer um controle do rendimento, com a quantificação do número de erros e acertos em cada disciplina e, mais detalhadamente, em cada matéria. Por fim, as questões mais complexas, mais difíceis e aquelas em que se incorreu em erro devem ser revistas e refeitas. Vamos ver essas etapas?

ESTABELECENDO METAS

O primeiro passo de qualquer empreendimento é o estabelecimento de objetivos. Ao se saber onde se deseja chegar, é mais fácil saber quais caminhos devem-se percorrer. O mesmo se aplica à estratégia de estudo pautada em resolução de questões.

Ao decidir-se por uma prova em específica, pesquise a nota mínima dos últimos aprovados. Embora se deseje ter 100% de eficiência nas questões, é necessário ter uma previsão do que seria o mínimo aceitável, pois ele estabelecerá um padrão mínimo para seus estudos. Para se ter um exemplo, alguns concursos, como, por exemplo, o da Receita Federal, determinam um mínimo por matéria, o qual, se não atingido, ensejará a reprovação do candidato ainda na primeira fase do certame.

Portanto, caso não alcance, no momento de treino de questões, a nota mínima nas matérias do seu concurso, coloque um alerta na matéria.  Isso será um indicativo de que o domínio do conteúdo está fraco ao ponto de comprometer sua aprovação.

Agora que já se tem o norte dos seus estudos, você deverá manter um controle rígido do seu desempenho.

MEDINDO RESULTADOS

A única maneira de saber se se está progredindo no domínio de uma matéria é controlar a taxa de erros por bloco de exercícios. Em cada um deles, identifique a matéria que foi cobrada na disciplina e procure entender o motivo do erro, se ele decorreu de má compreensão da questão, de domínio precário do conteúdo ou de falta de atenção.

A partir disso, você conseguirá estabelecer um norte das matérias que necessitam ser revistas e treinadas. A triagem dos erros é essencial para, primeiro, identificar os pontos fracos em seus estudos, e, segundo, permitir orientar os próximos estudos de forma a revisar as matérias que necessitam ser revistas.

ALCANÇANDO AS METAS

Com esse controle feito, será possível orientar as revisões e também decidir quais blocos de exercícios devem ser aumentados. No médio e no longo prazo, isso permitirá alcançar os objetivos de longo prazo e, muito provavelmente, garantir uma boa classificação no concurso público.


Espero que esse conteúdo tenha sido útil para você e que agora você comece a estabelecer métodos de controle do seu rendimento. Com isso, certamente, você alcançará seu objetivo! Não deixe de nos falar sua opinião nos comentários!

Deixe seu Comentário

Comentários