/Descubra como fazer uma redação nota 10 para o seu concurso!


Descubra como fazer uma redação nota 10 para o seu concurso!

355

por: Equipe Flávia Rita

Neste post, você confere as melhores dicas para fazer uma redação para concurso 10. Devido à concorrência, uma boa nota é capaz de garantir a sua vaga. Não adianta apenas estudar para a prova objetiva, é necessário saber escrever, e escrever bem.

Se você não domina muito bem as técnicas de redação para concurso ou tem medo de escrever, não se preocupe, pois vai aprender tudo nas próximas linhas. Então, por favor, separe um papel e uma caneta para anotar todas as dicas e boa leitura. Vamos, lá?

 

 Equipe Flávia Rita


 

Redação para concurso nota 10

A redação para concurso deve ser objetiva, focada e precisa. Ou seja, é necessário dominar o tema, para escrever bem. Também fundamental saber português e conhecer as regras de concordância verbal e nominal, pontuação, regência, uso do que e do se, ou seja, dominar a nossa língua. Todo estudante sabe a importância e o peso das provas de português para concurso.

Como fazer uma boa redação para concurso nota 10? Para desenvolver o tema, é necessário conhecê-lo. Por isso, se a sua prova cobrar atualidade, separe um tempo no seu cronograma para ler os jornais, revistas e assistir aos telejornais. Não só para a redação, mas, também, é importante estar por dentro de tudo o que acontece ao nosso redor, certo?

Esteja atento a tudo o que acontece no mundo, para começar a ter uma base argumentativa. Porém, se a sua prova de redação para concurso cobrar temas específicos, você vai estudá-lo ao longo do seu planejamento. Confira 20 temas cobrado pela FCC para o cargo de técnico!

Dicas para estrutura

Já conversamos sobre a importância de dominar o tema, conhecer bem a língua portuguesa para concurso, e agora vamos falar sobre o cuidado da apresentação da estética do texto, ou seja, a sua estrutura.

Você já organizou as ideias, já sabe tudo o que vai abordar, mas como passar tudo para o papel? Todo edital de concurso mostra a apresentação de um item que deve ser analisado. Neste ponto, ao começar a escrever, cuide do tamanho da letra, do espaço de cada parágrafo, das margens, das rasuras e da distribuição das linhas.

A redação para concurso deve ser desenvolvida em três partes essenciais: introdução, desenvolvimento e conclusão.  É fundamental que todas as partes estejam ligadas entre si e com foco no tema solicitado no edital. Mas, como desencadear as ideias? Como estabelecer essa ligação? Vamos descobrir?

Introdução:

Nesta parte você vai se preocupar com a apresentação do tema, ou seja, com o assunto que será apresentado ao longo do texto. É um parágrafo básico e que deve ter, em média, 2 a 3 frases, que podem ter 4 a 6 linhas. Em uma redação para concurso, a introdução não deve ser extensa. Pelo contrário, deve ser curta e muito objetiva.

Desenvolvimento

É a parte do texto em que você vai apresentar as suas ideias, defender o ponto de vista, argumentar e discutir o tema da redação para concurso. É a parte mais importante em que você vai mostrar o seu raciocínio, para tentar convencer o examinador.

O desenvolvimento deve ter, em média, 2 a 4 parágrafos e ele deve fazer conexão com a introdução e a conclusão. Neste ponto, é essencial saber estabelecer uma boa coesão no texto para deixa-lo mais fluido, claro e com boa expressividade.

Para saber mais sobre coesão textual, separe um tempo no seu planejamento para estudar sobre conjunção, preposição, retomada de termos por meio de referências catafóricas e anafóricas, orações coordenadas e subordinadas. Por exemplo, você pode usar conectores para fazer o encadeamento de ideias ao longo da sua redação.

Para simplificar, confira as principais conjunções coordenadas e subordinadas, que foram retiradas do Livro Português Descomplicado – Flávia Rita Coutinho Sarmento:

 

  Conclusão

É o fechamento da sua redação para concurso. Neste ponto, foque em apresentar as possíveis soluções para o tema e defenda o seu ponto de vista. É um parágrafo mais curto, que pode ter 2, 3 ou 4 frases. Lembre-se de respeitar o espaço da folha de redação e expor o seu ponto de vista dentro do número de linhas.

Além disso, lembre-se de que introdução, desenvolvimento e conclusão são ligados e dependentes entre si, para que a fluidez e a coesão do texto sejam mantidas.

Antes da redação: o que fazer?

Depois destas dicas está se sentindo mais seguro para escrever uma redação para concurso?  Antes de começar a escrever, tente fazer uma pequena síntese do seu texto. Coloque as suas ideias no papel, escreva!

Faça um rascunho dos pontos que devem ser abordados, das possíveis soluções e tente organizar tudo. Isso te ajudará a desenvolver base argumentativa, para montar a sua redação para concurso. Anote todas as ideias que servirão como argumento.

Neste sentido, antes de escrever a introdução reflita: “ o que eu conheço sobre o tema”? O desenvolvimento pode ser abordado por meio de perguntas, como: “ Quais as causas e consequências deste tema”? E, para finalizar a conclusão: “ Qual a possível solução para o problema”?

A redação para concurso é avaliada por etapas, por isso, é fundamental saber desenvolver cada uma das partes da estrutura do seu texto. Confira os erros que você não pode cometer na redação de jeito nenhum!

Errei uma palavra. E, agora?

Você organizou as ideias e começou a escrever o texto da sua redação na folha definitiva. Porém, devido a uma falta de atenção errou uma palavra. Não precisa ficar desesperado! Isso pode acontecer com qualquer um. É só você passar um traço simples sobre a palavra grafada errada e depois continuar escrevendo seu texto normalmente.  Exemplo:

Título: coloco ou não?

Você só deve colocar o título, se for solicitado. Se a banca não pedir nada, não coloque. Organize as suas ideias e  comece a escrever, simples assim. Se for solicitado, é só escrever o título e depois começar a fazer a sua redação.

Durante o desenvolvimento do seu texto, não converse com o leitor. A dissertação exige uma linguagem clara e impessoal, por isso, nada de escrever perguntas retóricas. Convencer o leitor não é conversar com ele, mas, sim, apresentar as suas ideias com uma boa base argumentativa.

Quando começar a redação?

Existem concurseiros que conseguem escrever antes, e outros que preferem depois. O ideal é que você esteja sempre atento ao tempo de prova. Ou seja, deixe um tempo reservado apenas para redação. Por exemplo, se você tiver 4 horas no total, tende deixar 2 horas ou, pelo menos, 1 hora e 30 minutos.

Como saber o tempo que eu gasto para fazer uma redação para concurso? Treino. Muito treino! Ao fazer redações, cronometre. Saiba o tempo ( real), que está gastando para colocar as ideias no papel.  Escrever bem, é questão de prática. Pode ter certeza disso! Lembre-se de quanto antes começar, melhor. Você está focado na FCC? Clique aqui para descobrir como fazer uma redação nota 100!

Dicas finais: anote!

Vamos sintetizar tudo o que falamos, até agora?

  1. Leia muito. Leia revistas de atualidade, assista aos telejornais, pesquise na internet e fique por dentro de tudo o que acontece ao redor.
  2. Redação é treino e prática. Não espere o edital ser publicado, para começar a treinar. Comece, hoje!
  3. Cronometre o tempo que gasta para escrever e colocar as ideias no papel.
  4. Anote e sintetize o que quer escrever em um rascunho. Assim, você não se esquecerá dos principais detalhes.
  5. Uma redação para concurso envolve introdução, desenvolvimento e conclusão.  As três partes precisam estar conectadas e são dependentes. Por isso, cuidado para não fugir do tema proposto.
  6. A introdução é focada na apresentação do tema, o desenvolvimento pela exposição da ideia e da argumentação e a conclusão pelo posicionamento, retomada da conclusão e apresentação da possível solução para o problema exposto.
  7. A redação precisa ser escrita com letra legível.
  8. Errou uma palavra? Passe um traço por cima e continue escrevendo.
  9. Título só coloque se for pedido pela banca de concurso.
  10. Seja crítico de si mesmo: revise os textos que escreveu. Está bom? As ideias estão coesas e claras? O texto está fluído? Pontuação adequada? Está escrito com a linguagem da norma culta? Avalie cada detalhe.
  11. Domine as regras de português. Conheça bem a regência verbal, nominal, uso de pontuação, conectores, entre outros assuntos.
  12. Não repita palavras. Procure sempre usar sinônimos. Isso mantém o texto coeso.
  13. Evite generalizações. O seu texto deve ser focado e objetivo. Você precisa demonstrar domínio do assunto.
  14. Não use perguntas retóricas, ou seja, não converse com o leitor.
  15. Se você estiver em dúvida sobre como escrever uma palavra, não perca tempo e tente encontrar um sinônimo.
  16. Os argumentos da sua redação para concurso devem coesos, coerentes e bem fundamentados.
  17. Saiba escrever as suas ideias de modo que o examinador realmente possa entendê-las. Ou seja, saiba transmitir a sua informação.
  18. Não ultrapasse as margens e nem o limite máximo de linhas permitidas pela prova.
  19. Leia com atenção as instruções da prova de redação, antes de começar. Fique atento ao número mínimo de linhas.
  20. Antes de entregar o seu texto faça uma revisão. Observe pontuação, regência, grafia de palavra, uso de crase. Cada detalhe faz a diferença.

 

 

Agora, é com você!

Depois destas dicas, é só você colocar em prática tudo o que abordamos. Separe no seu planejamento, um dia específico para treinar redação. Comprometimento é a palavra chave, para você começar a escrever bem.

Com o tempo, você verá resultados significativos e que vão garantir a sua aprovação. Mas, para isso, é necessário dar o primeiro passo. Vamos, lá?

Separe as provas de concurso que foram organizadas pela sua banca e organize os temas, que foram cobrados. Desta forma, você pode começar a treinar para fazer a sua redação. Como já expliquei, o segredo é prática e persistência, principalmente, se você estiver começando agora.

Não espere o edital ser publicado para começar a treinar, pois há pouco tempo entre a divulgação do documento e a data da prova. Outra dica é sempre ler com muita atenção o edital do seu concurso. Não leia apenas os conteúdos que serão cobrados, a data de inscrição, mas também fique por dentro dos critérios de correção, para você saber o que a sua banca prioriza na correção do conteúdo, pois pode mudar entre uma banca organizadora e outra.Lembre-se de que existe diferença entre texto dissertativo e estudo de caso. Se você tem dúvida, descubra, agora, as principais peculiaridades de cada um

Além disso, o feedback das suas correções de redação será a melhor forma para você acompanhar o seu desempenho e a sua evolução. Desta forma, fique atento as dicas e tente descobrir as suas principais dificuldades durante o processo. Existem pessoas que têm dificuldade em apresentar o tema na introdução, outras em elaborar a base argumentativa ou manter a coerência, outras em usar o conector correto ou fazer a conclusão.

Qual a sua dificuldade? Não importa, você pode contar comigo para ajudar você a superá-la. Nos cursos de redação trabalho de forma específica a cobrança de cada banca, pois cada organizadora é de um jeito. Por exemplo, um cespe é muito diferente de uma FCC. Por isso, é essencial que você tenha esse domínio e conheça a forma de cobrança da sua banca.

Mas, para colher os frutos é necessário treinar e persistir. Comprometa-se com o seu sucesso e pode ter certeza de que valerá a pena. A sua nota na redação é o diferencial, para você conquistar a sua vaga no serviço público. Depois de todas as dicas, é só colocar redação no seu planejamento e começar a escrever.

Gostou das dicas para escrever uma redação para concurso nota 10? Alguma dúvida? Então, é só deixar o seu comentário e não se esqueça de compartilhar o post nas suas redes sociais.

 

 

Deixe seu Comentário

Comentários