fbpx

Mesmo – Como usar e qual o erro mais comum

Equipe Flávia Rita

mesmo_como_usar

Tanto na línguagem oral quanto na escrita, é comum se observar o emprego do pronome “mesmo”. Entretanto, a ocorrência de uso inadequado é também constante. Vamos entender aqui qual a classe de palavra a que pertence o termo e, mais importante, as formas corretas para o uso e os erros mais recorrentes no dia a dia.

Classe gramatical do “mesmo”

Quem nunca se deparou frente aos elevadores com uma placa contendo a seguinte informação: “Antes de entrar no elevador, confira se o mesmo se encontra no andar”? Bastante comum nas grandes cidades brasileiras, essa frase decorre de uma legislação paulistana que, conquanto tenha tido a boa intenção de preservar a saúde de seus cidadãos, acabou ferindo quase permanentemente o uso do vocábulo em todo território nacional.

Isso acontece porque essa estrutura frasal se utuliza do “mesmo” com uma função diferente daquela a que é prevista pela gramática. Classificado oficalmente como um pronome demonstrativo, a palavra “mesmo” deve ser empregada quando se realizar uma referenciação ou uma retomada específica de uma oração anteriormente desenvolvida. Entretanto, ao utilizá-lo conforme visto no exemplo, ele passará a atuar como pronome pessoal, equivalente a “eu”, “tu”, “ele”, “ela”, “nós”, “vós”, “eles”. Ou seja, o “mesmo” irá desempenhar a função de substituir um substantivo específico, o qual já deveria estar expresso na oração. Como a ideia ficaria incompleta, em razão da necessidade de complemento, esse uso é vedado pela norma culta.

Assim, percebemos que “o mesmo” é classificado, moforlogicamente, como um pronome demonstrativo. E quais são os demais pronome demonstrativos?

PRONOMES DEMONSTRATIVOS

O, os

A, as

isto

Isso

Este

Esse

Aquele, aqueles Aquela, aquelas

Aquilo

mesmo

próprio

Tal

semelhante

Utilizando corretamente o pronome “mesmo”

Com isso em mente, não há mais justificativa para usar a expressão o “mesmo” de maneira equivocada. Para garantir que isso não será o caso, vamos explicar com alguns exemplos como empregar esse pronome.

#1 O vocábulo “mesmo” estárá correto sempre que denotar sentido de certeza, como, por exemplo, “justamente”, “de fato”, “certamente”, etc.

  • É nesse local mesmo que eu deixei minhas coisas. 
  • É em Pirapora mesmo que eu vou morar. 

#2 O vocábulo “mesmo” será empregado em sua função normal (pronome demonstrativo) para retomar de forma exata uma ideia expressa anteriormente.

  • Recomendei a ela a mesma coisa que a você. 
  • O mesmo que lhe disse, disse a ela.

#3 O vocábulo “mesmo” poderá ser empregado com o sentido de igualdade de situação. Por exemplo:

  • Estudar ou não para a prova de processo civil dá no mesmo… Vamos todos ir mal…
  • Ligar reclamando vai dar no mesmo que não fazer nada…

Ainda, poderá ser empregado com valor conjuntivo, ou seja, como conjunção concessiva, que veremos no próximo tópico.

#4 Com sentido de conjunção concessiva, o vocábulo “mesmo” esquivale a “embora”, “ainda que” etc.

  • Mesmo que eu não converse com ele, você deveria conversar.
  • Mesmo que Maria não venha, eu vou te esperar.

Outras funções morfossintáticas da palavra “mesmo”

Agora para aprofundar um pouco, vamos tratar das diferentes funções morfossintáticas do vocábulo “mesmo”. Como visto acima, ele poderá funcionar como um pronome, uma conjunção, um adjetivo, um substantivo ou um advérbio ou uma locução adverbial.

#1 “Mesmo” como substantivo

Quando empregado como substantivo, o vocábulo “mesmo” exprimirá sentido daquilo que acontece da mesma maneira.  Por exemplo:

  • Eu acho que ele nunca vai mudar. Será sempre o mesmo. 
  • No sertão, acontece sempre o mesmo. 

#2 “Mesmo” como adjetivo

Como adjetivo, a palavra “mesmo” irá ser empregada para expressar uma semelhança, uma identidade ou uma paridade entre dois termos.

  • Eles fizeram a mesma coisa.
  • Essas frutas tem o mesmo gosto. 

#3 “Mesmo” como advérbio ou locução adverbial

Como advérbio, o “mesmo” exprime sentido de certeza ou de exatidão, sendo equivalente a “justamente”, “certamente”.

  • Colocamos seu presente aqui mesmo. 
  • Ela viu mesmo sua mãe na padaria. 

Também poderá apresentar valor equiparado à locução “ainda que”.

  • Eles chegaram mesmo a se contradizer. 
  • Ela disse mesmo que não queria. 

#4 “Mesmo” como conjunção

Como dito na seção anterior, o “mesmo” poderá ser empregado em locuções conjuntivas concessivas, como se vê na forma “mesmo que”. O sentido será equivalente a ainda que, conquanto, embora, em que pese etc. Veja os seguintes exemplos.

  • Mesmo que me peçam, eu não sairei de casa. 
  • Mesmo com todas as dúvidas, segui acreditando. 

Questões para treinar as funções morfossintáticas da palavra “mesmo”

QUESTÃO 01. (IBADE. 2018)

A palavra em destaque no trecho acima apresenta classificação gramatical idêntica à de:

  • A) MESMO talvez sendo rigorosa, creio que a família é uma das instituições mais importantes da sociedade.
  • B) Talvez sendo rigorosa, creio MESMO que a família é uma das instituições mais importantes da sociedade.
  • C) A família é. MESMO, a mais importante instituição social.
  • D) A família é. ela MESMA, a mais importante instituição social.
  • E) Talvez sendo rigorosa MESMO, creio que a família é uma das instituições mais importantes da sociedade.

QUESTÃO 02. (VUNESP. 2018)  Leia o texto, para responder à questão.

Espelhos

Chega um dia na vida de todo homem em que ele se olha no espelho de manhã e tem uma revelação estarrecedora: sua mulher está dormindo com outro! Depois ele olha melhor e vê que não é outro, é ele mesmo, mas por alguma razão inexplicável ele está com 40 anos. Acabou de entrar naquela terra mítica chamada meia-idade, outrora habitada apenas por pessoas estranhas como os pais da gente.

O espelho nos mostra o nosso contrário, a nossa esquerda na nossa direita, mas este é o limite máximo da sua dissimulação. Fora isso, ele é de uma franqueza brutal e irrecorrível. Vivemos na era das relações públicas, é inadmissível que a nossa própria imagem nos trate com tanta crueza. É inadmissível que alguém lhe diga: “Você tem 40 anos!” (ou 50, ou 60, ou até, meu Deus, mais!) assim na cara, mesmo que quem diga seja sua própria cara. E de manhã, na hora em que, ainda amarrotado pelo sono e antes de botar o rosto que usará durante o dia, você está mais vulnerável.

(Luis Fernando Veríssimo, As mentiras que os homens contam)

Assinale a alternativa em que se identifica, com correção e respectivamente, o sentido que as expressões destacadas têm nas passagens – Depois ele olha melhor e vê que não é outro, é ele mesmo… / É inadmissível que alguém lhe diga: “Você tem 40 anos!” (ou 50, ou 60, ou até, meu Deus, mais!) assim na cara, mesmo que quem diga seja sua própria cara.

  • A) em pessoa / contanto que
  • B) inclusive / igual a
  • C) também / ainda que
  • D) próprio / embora
  • E) realmente / exatamente

QUESTÃO 03. (VUNESP. 2018)

Assinale a alternativa em que a forma grifada pertence à mesma classe gramatical que a destacada em “mesmo no mundo dos surdos…” (linha 19).

  • A) Os alunos mesmos inventaram uma forma de se comunicar.
  • B) As línguas de sinais têm o mesmo status de uma língua natural.
  • C) Os circuitos cerebrais da língua de sinais e da língua falada são os mesmos.
  • D) Mesmo tardiamente, o governo reconheceu a língua de sinais da Nicarágua.
  • E) O caso da Nicarágua mostrou que a língua de sinais é mesmo uma língua natural.
QUESTÃO 04. (UFTM. 2019) Releia o trecho “Por isso, ideias, ameaças e tentativas – mesmo aquelas que parecem calculadas para não resultarem em morte – devem ser encaradas com seriedade”, no 5º parágrafo, e assinale a opção em cuja frase se repete o mesmo significado do vocábulo sublinhado:
  • Mesmo o caso sendo difícil, a decisão foi rápida.
  • mesma resolução foi citada em outros casos.
  • Os juízes mesmos decidiram imediatamente a questão.
  • O empregador decidiu mesmo quem seria demitido.
QUESTÃO 05. (CCV-UFC. 2018) Em: O termo “dismorfia do Snapchat” é derivado do Transtorno Dismórfico Corporal (TDC), caracterizado pela obsessão de falhas físicas – mesmo aquelas que podem ser invisíveis para outras pessoas. (linhas 14-16), o vocábulo mesmo tem igual classificação que na frase:
  • Muitos utilizam aplicativos de edição de imagem, mesmo as pessoas naturalmente jovens e bonitas.
  • Ao ler os comentários sobre sua foto na internet, o candidato admitiu que usou o Snapchat mesmo.
  • Aquele velho político passou a usar aplicativos fotográficos para fazer versões filtradas de si mesmo.
  • O cirurgião decidiu com base numa avaliação realista, mesmo com a insistência delirante da paciente.
  • Artistas famosos utilizam esse mesmo filtro fotográfico para corrigir algumas supostas imperfeições.
QUESTÃO 06. (MPE-GO. 2018) Assinale a alternativa na qual a palavra mesmo ou mesma está empregada corretamente.
  • Mesma cansada, vou à festa.
  • Esta certidão é mesma autêntica?
  • Ela mesma resolveu ceder o lugar a ele
  • Eles mesmo retiraram a proposta.
  • Resolveram cuidar da vida mesma delas.
QUESTÃO 07. (Instituto AOCP. 2018) Assinale a alternativa em que o termo “mesmo” apresenta o mesmo valor semântico que recebe na frase “[…] Claro que mesmo uma predição detalhada seria problemática, pois, dela sabendo, eu poderia dispor as coisas de forma que acontecessem como anunciado.”.
  • Ele mesmo se apossou das terras e colocou todos para correr.
  • A planta brotará, mesmo que em alguns casos demore um pouco.
  • Eu sempre estive ao seu lado, não é mesmo?
  • Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo encontra-se parado neste andar.
  • Ele feriu a si mesmo.
QUESTÃO 08. (CCV-UFC. 2017) Em: “Você é tapeado por si mesmo.” (linha 01), o vocábulo mesmo tem a mesma classificação morfológica que tem na frase da alternativa:
  • Nós acreditamos mesmo que somos seres racionais.
  • Mesmo os indivíduos mais racionais usam sua intuição.
  • Mesmo instintivos, nós usamos a razão para evitar problemas.
  • O homem acredita mais nele mesmo, quando aposta na razão.
  • Um mesmo homem pode ser ora mais racional, ora mais instintivo.
QUESTÃO 09. (FGV. 2015) Mesmo quanto às sanções previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras menos severas, como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida, que são frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à privação de liberdade, mesmo em casos em que isso não se justifica”. Nesse segmento do texto 2 há duas ocorrências sublinhadas do vocábulo “mesmo”; sobre essas ocorrências, é correto afirmar que:
  • ambas equivalem ao sentido de inclusão;
  • só a primeira ocorrência indica concessão;
  • só a segunda ocorrência indica concessão;
  • só a primeira ocorrência indica inclusão;
  • só a segunda ocorrência indica inclusão.
QUESTÃO 09. (Instituto Legatus. 2016) Analise: Até mesmo nos fins de semana e férias, que não raro são pré-programados com passeios e viagens. O operador argumentativo marcado, apresenta a relação semântica de:
  • Quantidade.
  • Modo.
  • Tempo.
  • Inclusão
  • Qualidade.

Gabarito:

  • Questão 01. Letra A
  • Questão 02. Letra D
  • Questão 03. Letra E
  • Questão 04. Letra A
  • Questão 05. Letra A
  • Questão 06. Letra E
  • Questão 07. Letra B
  • Questão 08. Letra D
  • Questão 09. Letra A
  • Questão 10. Letra D

Depois dessas explicações e do treino com as questões selecionadas, com certeza não haverá mais erros no emprego do “mesmo”, certo? Se ainda tiver algum ponto que não ficou claro, não deixe de falar pra gente na seção de comentários! Além disso, caso queira saber sobre os cursos e escolher aquele que é melhor para você, não deixe de entrar em contato conosco pelos telefones

Caso tenha algum assunto que gostaria de ler por aqui, deixe sua sugestão na seção de comentários.

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO