fbpx
Por que não negligenciar outras áreas de sua vida durante os estudos para concurso público

Por que não negligenciar outras áreas de sua vida durante os estudos para concurso público?

Equipe Flávia Rita

Como estudar para concurso público e não surtar ao mesmo tempo? Um planejamento de vida, seja a longo ou a curto prazo é extremamente necessário para qualquer aluno. A ansiedade em alcançar a tão sonhada carreira pública é comum no dia a dia do concurseiro. Contudo, alguns cuidados são necessários para que a caminhada não se torne pesada e não prejudique as outras áreas da vida. Neste post, você confere algumas dicas de como equilibrar mente, corpo e espírito. Desejo a você uma boa leitura, equilíbrio emocional e uma bela aprovação.

Independentemente de qual seja o seu foco, é necessário planejar antes de executar. Já dizia uma conhecida frase do escritor de Alice no País das Maravilhas: “Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve”. Isso sugere que é necessário saber exatamente o que se deseja alcançar para que seja possível, no meio do caminho, medir onde estamos, o que corrigir, o que melhorar e como seguir em frente.

A principal questão a ser pensada é que essa longa rotina de estudos não é vivida isoladamente, ou seja, ela acontece simultaneamente com todas as outras coisas da vida, por exemplo, cuidado da casa, casamento, filhos….

Há quem diga que os três pilares da vida são: a mente, a alma e o corpo. Bom, se isso é a nossa base de sustentação, não podemos negligenciar nenhuma dessas pilastras, ou corremos o risco de cair.

A mente

A mente

Quando falamos em mente, nos referimos a uma cabeça saudável, o que não quer dizer que ela será livre de preocupações, mas que no momento do estudo ela estará focada em fazer um bom trabalho.

Uma dica para o concurseiro é fazer terapia com um profissional, um psicólogo, o que é muito válido. É um momento em que o indivíduo consegue desabafar, ouvir e aprende a se questionar, a pensar e a refletir sobre seus medos e inseguranças.

Muitas vezes, em uma sessão, ele apenas precisa conversar, colocar para fora tudo o que está sentindo, pois a caminhada de provas e mais provas é repleta de “nãos” que são difíceis de lidar.

Além disso, é importante está inserido em um meio social, ter pessoas para curtir os momentos especiais. Obviamente que, em um pós-edital, os passeios e o lazer sejam reduzidos, mas o aniversário de um aninho de um afilhado ou de 80 anos de uma avó são oportunidades que nunca mais voltarão, portanto valerá a pena curti-los sem culpa.

A almaA alma

Acredita-se que, por mais incrédula que uma pessoa seja, em algum momento da vida, ela recorre a alguma crença ou a alguma força maior.

Para os cristãos, Deus é a explicação para tudo, portanto ir à igreja, reforçar a fé, pedir a iluminação do espírito santo são atitudes que ajudam, motivam e fazem diferença até mesmo no dia da prova.

Além disso, a realização de trabalhos voluntários também serve de alimento para a alma, uma vida agitada não permite horas de dedicação, mas boas ações como doar um mantimento, já ajudam o estudante se sentir útil no mundo, além de beneficiar outras pessoas.

Diet concept with sport woman and healthy foodO Corpo

A importância da atividade física é um tema bastante debatido na área da saúde, mas é interessante ressaltar que é um momento de relaxamento para aquele aluno que fica tanto tempo se dedicando aos estudos.

É uma hora do dia que, além de liberar vários hormônios, ajuda o estudante a respirar outros ares e a descarregar toda a adrenalina.

Há várias opções. Uma pequena caminhada de 30 minutos não irá prejudicar o processo de aprendizagem, pelo contrário, dará um ânimo para o retorno aos estudos.

Uma aula de box, por exemplo, pode servir para descontar toda a raiva daquela banca tão odiada pelos concurseiros, rsrsrs…

Enfim, estudar para concursos públicos requer muito autocuidado, dedicação e disciplina. Dessa forma, se as demais dimensões da vida estiverem equilibradas, a jornada será mais leve.

 


Quem é Fernanda Rodrigues?

Fernanda é Servidora Pública, Administradora, Professora e Pedagoga. Pós-graduada em Negócios e Gestão Pública.

Fernanda Rodrigues
Fernanda Rodrigues

@fernandafai

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO