fbpx

Tudo sobre regência – verbo atender

Equipe Flávia Rita

Tudo o que você precisa saber sobre a regência verbo "atender" para não cometer mais erros na sua redação.

Uma dúvida muito comum que todos nós temos ao elaborar uma redação diz respeito ao correto emprego das preposições. Quem nunca se deparou com aquela palavra e pensou: qual a preposição certa? “Com” ou “a”? Com alguns verbos, isso é mais frequente do que com outros, sendo bastante comum serem empregados de maneira errada.

O verbo atender é um desses casos. Quem nunca o escreveu seguido da preposição “a”? Ou da preposição “com”? Ou mesmo sem qualquer preposição? Em todos esses casos, tenho certeza de que uma dúvida passou pela sua cabeça: meu Deus do céu, qual é a regência do verbo atender? Se isso já aconteceu com você, fique calmo, pois é isso que veremos aqui.

Bom, para sermos diretos, já vamos esclarecer: a regência do verbo atender é, na maioria dos casos, facultativa. Ou seja, poderá ele ser empregado como verbo transitivo direto, sem a presença de uma preposição, ou como verbo transitivo indireto, sendo empregada a preposição “a”.

Verbo atender com regência facultativa

A preposição “a” será empregada facultativamente sempre que o verbo “atender” assumir algum dos seguintes sentidos:

Quando ele expressar o ato de responder a um chamamento, equivalendo, portanto, a “responder”.

Eu te liguei ontem, mas você não atendeu as chamadas.

Eu te liguei ontem, mas você não atendeu às chamadas.

Por que não atende as ligações?

Por que não atende às ligações? (a + as = às)

Quando o verbo “atender” corresponder ao ato de prestar atenção, sendo equivalente a “escutar”, “ouvir”, “ver”…

O aluno não atendeu a explicação do professor.

O aluno não atendeu a explicação do professor. (a + a = à)

Quando exprimir a ação de levar algo em consideração, possuindo sentido equivalente a “considerar”, “satisfazer” …

O funcionário novo terá que atender as exigências do empregador.

O funcionário novo terá que atender às exigências do empregador. (a + as = às)

Quando o verbo exprimir o sentido de “acatar” e “obedecer”:

A filha não atendeu as ordens do pai.

A filha não atendeu as ordens do pai. (a + as = às)

Quando o verbo atender indicar o ato de prestar socorro, correspondendo às ações de “ajudar” ou “acudir”.

Os enfermeiros atenderam os pacientes na UTI do hospital.

Os enfermeiros atenderam aos pacientes na UTI do hospital.

Os advogados atenderam as necessidades dos seus clientes presos.

Os advogados atenderam às necessidades dos seus clientes presos.

Quando o verbo “atender” corresponder a dar uma solução favorável, sendo sinônimo de “resolver”, “aprovar” ou “outorgar”.

A organização atendeu os desejos dos palestrantes.

A organização atendeu aos desejos dos palestrantes. (a + os = aos)

Quando exprime sentido equivalente a “servir um cliente”:

Ela só atende os seus clientes de segunda à sexta, de 8 às 16 horas.

Ela só atende aos seus clientes de segunda à sexta, de 8 às 16 horas. (a + os = aos)

Tenha atenção contudo com o verbo atender!

Entendendo a regência do verbo atender
Entendi!

Conquanto haja a possibilidade de regência facultativa do verbo atender, ele será, preferencialmente, empregado sem preposição sempre que se referenciar a alguém. Quando, por outro lado, o verbo atender fizer referência a alguma coisa, será preferível o uso da preposição. Veja os exemplos:

  •  Atender alguém:

Atender o cliente

Atender o consumidor
Atender o paciente

Atender o eleitor

Atender o aluno

Atender o vizinho

  • Atender a alguma coisa:

Atender ao celular

Atender à requisição

Atender ao chamado;

Atender aos desejos

Atender ao pedido;

Atendeu às vontades;

Regência nas preposições a, em, para

Entretanto, nem sempre a regência do verbo será facultativa. Há casos em que ele será empregado com transitividade indireta, sendo regido pelas preposições “a”, “em” e “para”. Isso ocorrerá sempre que o verbo atender apresentar algum dos seguintes sentidos:

Quando o verbo atender corresponder ao ato de “reparar em algo”, de “dar atenção” , podendo ser substituído pelos verbos “reparar”, “notar”, “atentar” etc.

As pessoas decidiram por não atender aos sinais de alerta do governo. (a + os = aos)

As pessoas decidiram por não atender nos sinais de alerta do governo. (em + os = nos)

As pessoas decidiram por não atender para os sinais de alerta do governo

Quando o verbo atender indicar a ação de receber em um local específico, como consultório, escritório ou casa, sendo sinônimo de “receber”:

Hoje em dia, o médico somente atende na sua casa. (em + o = no)

O cardiologista atende aqui somente às segundas-feiras. (a + as = às)

Depois dessas explicações, duvido que você vai usar o verbo “atender” de forma errada, não é mesmo? Contudo, como dúvidas são algo bastante persistente, se ainda tiver algum ponto que não tenha ficado claro, não deixe de nos contar nos comentários! Além disso, caso você queira ver mais conteúdo de português sobre regência verbal, redação (introdução e desenvolvimento) ou pontuação, confira nossos outros textos!

Para ter informações sobre nossos cursos, entre em contato conosco pelos telefones

Caso tenha algum assunto que gostaria de ler por aqui, deixe sua sugestão na seção de comentários. 🙂

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO