fbpx

EDITAL PUBLICADO! Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF/2020

Equipe Flávia Rita

Foi publicado hoje o edital da Defensoria Pública do Distrito Federal - DPDF/2020 - com previsão de 60 vagas mais cadastro de reserva para diversos cargos. Confira as principais informações do edital!
EDITAL PUBLICADO! Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF/2020

O Edital para o concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF – foi publicado hoje! São previstas 60 vagas para o cargo de Analista de Apoio à Assistência Judiciária em diversas áreas do conhecimento, além da previsão de cadastro de reserva. O concurso será organizado pela Banca CESPE/CEBRASPE e as provas serão realizadas no dia 08 de novembro de 2020. Com a remuneração inicial de até R$5.241,22, essa será uma ótima oportunidade para adentrar no órgão de Estado responsável pela tutela dos hipossuficientes! A partir de agora, com a publicação do edital, os interessados no concurso devem reorganizar seus estudos, de maneira a dar um foco mais estratégico nas disciplinas mais importantes! Para isso, uma preparação de qualidade em Língua Portuguesa direcionada para as formas de cobrança da Banca organizadora será determinante para aprovação.

Visão geral do Edital do concurso da DPDF                                                  

BANCA: CESPE / CEBRASPE

VAGAS: 60 + CR

INSCRIÇÃO: 15/9 a 5/10/2020

DATA DAS PROVAS: 08/11/2020

TAXA: R$ 101,87.

REMUNERAÇÃO: De R$ 5.241,22 (Inicial) a R$ 7.807,26 (final)

Das Vagas

Cargo/Área REQUISITOS VAGAS TOTAL
Cargo 1: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Direito e Legislação diploma de curso de graduação em Direito 30
Cargo 2: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Administração diploma de curso de graduação em Administração 8
Cargo 3: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquivologia diploma de curso de graduação em Arquivologia 1
Cargo 4: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura diploma de curso de graduação em Arquitetura 2
Cargo 5: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Comunicação Social – Jornalismo diploma de curso de graduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo 1
Cargo 6: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade diploma de graduação em Ciências Contábeis, 5
Cargo 7: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Economia diploma de graduação em Ciências Econômicas 1
Cargo 8: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil diploma de curso de graduação em Engenharia Civil 2
Cargo 9: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Informática – Banco de Dados diploma de curso de graduação em Tecnologia da Informação 1
Cargo 10: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Informática – Desenv. de Sistemas diploma de curso de graduação em Tecnologia da Informação 2
Cargo 11: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Informática – Redes diploma de curso de graduação em Tecnologia da Informação 3
Cargo 12: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia diploma de curso de graduação em Psicologia 2
Cargo 13: Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Serviço Social diploma de curso de graduação em Serviço Social 2

Das fases do concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF

O concurso será composto de suas fases, uma de provas objetivas e discursiva e outra de avaliação de títulos. A primeira terá caráter eliminatório e classificatório, sendo as provas objetivas compostas pelo total de 120 questões, distribuídas em temas de conhecimentos básicos e de conehcimentos específicos.

As provas objetivas terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável estabelecida no cronograma, no turno da manhã.

A prova discursiva terá a duração de 3 horas e será aplicadas na data provável estabelecida no cronograma, no turno da tarde

PROVA/TIPO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMERO DE ITENS CARÁTER
(P1) Objetiva Conhecimentos básicos 50 Eliminatório e Classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos especializados 70
(P3) Discursiva
Avaliação de títulos Classificatório

Das Provas Objetivas do concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF

As provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, valerão 120,00 pontos.

Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item.

Dos critérios de avaliação das provas objetivas

As provas objetivas serão corrigidas por meio de processamento eletrônico das folhas de respostas.

A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a:

  • 50 ÷ (50 ? n1) ponto (para a prova de conhecimentos básicos) e 70 ÷ (70 ? n2) ponto (para a prova de conhecimentos especializados), caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 50 ÷ (50 ? n1) ponto negativo (para a prova de conhecimentos básicos) e 70 ÷ (70 ? n2) ponto negativo (para a prova de conhecimentos especializados), caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).

Nesse contexto, n1 e n2 representam, respectivamente, o número de itens da prova objetiva de conhecimentos básicos e o número de itens da prova objetiva de conhecimentos especializados anulados.

A nota em cada prova objetiva será igual à soma das notas obtidas em todos os itens que a compõem.

Da Prova Discursiva do concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF

A prova discursiva valerá 50,00 pontos e consistirá da redação de:

  1. uma dissertação acerca de tema de atualidade, a ser respondida em até 30 linhas, com o valor de 20,00 pontos; e
  2. três questões a respeito dos objetos de avaliação de conhecimentos especializados de cada cargo/área/especialidade, a serem respondidas em até 20 linhas cada, com o valor de 10,00 pontos cada – totalizando 30,00 ponto

A prova discursiva será avaliada e pontuada segundo os critérios estabelecidos neste edital.

Dos critérios de avaliação da prova discursiva

A prova discursiva avaliará:

  • o conteúdo (conhecimento do tema);
  • a capacidade de expressão na modalidade escrita; e
  • o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

O candidato deverá produzir, conforme o comando formulado pela banca examinadora, texto dissertativo, primando pela coerência e pela coesão.

Duas notas de conteúdo da prova discursiva serão consideradas convergentes se diferirem entre si em até 25% da nota máxima de conteúdo possível na prova discursiva.

A dissertação valerá 20,00 pontos e será avaliada conforme os seguintes critérios:

  1. a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada ao valor de 20,00 pontos;
  2. a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos de natureza linguística, tais como grafia, morfossintaxe e propriedade vocabular;
  3. será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido;
  4. será calculada, então, a nota na dissertação (NP3) pela fórmula NP3 = NC – 4 × NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato;
  5. será atribuída nota zero ao texto que obtiver NP3 < 0,00;
  6. nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota igual a zero;
  7. será eliminado o candidato que obtiver NP3 inferior a 10,00 pontos.

Cada questão da prova discursiva valerá 10,00 pontos e será avaliada conforme os seguintes critérios:

  1. a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NCi), cuja pontuação máxima será limitada ao valor de 10,00 pontos, em que i = 1, 2 e 3;
  2. a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NEi) do candidato, considerando-se aspectos de natureza linguística, tais como grafia, morfossintaxe e propriedade vocabular;
  3. será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido;
  4. será calculada, então, para cada questão, a nota na questão discursiva (NQi) pela fórmula: NQi = NCi – 2 × NEi ÷ TLi, em que TLi corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato na resposta à questão proposta;
  5. será atribuída nota zero ao texto que obtiver NQi < 0,00;
  6. nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota igual a zero;
  7. a soma das notas das questões comporá a nota das questões discursivas (NP4); h) será eliminado o candidato que obtiver NP4 inferior a 15,00 pontos.

A nota final na prova discursiva (NFPD) será a soma da nota final na dissertação (NP3) e da nota final nas questões (NP4).

Conteúdo Programático de Língua Portuguesa para o concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal – DPDF

  1. Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.
  2. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.
  3. Domínio da ortografia oficial.
  4. Domínio dos mecanismos de coesão textual –
    • 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual.
    • 4.2 Emprego de tempos e modos verbais.
  5. Domínio da estrutura morfossintática do período.
    • 5.1 Emprego das classes de palavras.
    • 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração.
    • 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.
    • 5.4 Emprego dos sinais de pontuação.
    • 5.5 Concordância verbal e nominal.
    • 5.6 Regência verbal e nominal.
    • 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase.
    • 5.8 Colocação dos pronomes átonos.
  6. Reescrita de frases e parágrafos do texto.
    • 6.1 Significação das palavras.
    • 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto.
    • 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto.
    • 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Espero que as informações do edital tenham fica mais claras para você! Nossa intenção é que você tenha num único lugar o que há de mais relevante para a sua prova! Caso tenha alguma dúvida sobre qual seria o curso mais adequado para a sua preparação para o concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal 2020, você poderá entrar em contato com os nossos consultores pelo telefone:

Caso tenha algum assunto que gostaria de ler por aqui, deixe sua sugestão na seção de comentários.

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO