/Edital Publicado: 5 dicas para treinar redação


Edital Publicado: 5 dicas para treinar redação

56

por: Equipe Flávia Rita

Com edital publicado, o tempo é muito curto para treinar redação, por isso, cada minuto precisa ser bem aproveitado, principalmente, se você não tiver uma boa base. Logo, inclua redação no seu planejamento, assim como, você faz com outras disciplinas.

Devido à concorrência, a sua nota na redação pode ser o diferencial para você conquistar a posse. Neste artigo, reuni as 5 melhores dicas para você treinar redação com o seu edital publicado. Vamos, lá?

Treinar redação: escrever é praticar!

Não tem jeito: você precisa praticar. Muitos alunos têm resistência em treinar redação e deixam para última hora. O ideal é começar a escrever antes da publicação do edital, para você ganhar firmeza e velocidade.

O primeiro passo é incluir redação no seu planejamento de estudo. Tente fazer duas por semana ou mais, principalmente se não tiver habilidade. É muito difícil aprender a escrever bem de um dia para o outro, por isso, quanto mais você treinar melhor.

Fig.1 Treine redação!
Fig.1 Treine redação!

Separe as últimas provas organizadas pela sua banca, para você conhecer a forma de cobrança. Para te ajudar, separei alguns itens que foram cobrados pela FCC. Confira!

Edital: é o seu melhor amigo!

O edital é o documento que consta todas as informações sobre o seu concurso. Leia cada item com muita atenção e carinho, principalmente, os critérios de correção da sua redação. Nele, você vai poder conferir quanto vale cada ponto em relação à estrutura, o que não pode ter.

Na prova do TST, por exemplo, a FCC considerou os seguintes critérios:

Conteúdo – até 40 (quarenta) pontos

  1. a) perspectiva adotada no tratamento do tema;
  2. b) capacidade de análise e senso crítico em relação ao tema proposto;
  3. c) consistência dos argumentos, clareza e coerência no seu encadeamento.

Estrutura – até 30 (trinta) pontos:

  1. a) respeito ao gênero solicitado;
  2. b) progressão textual e encadeamento de ideias;
  3. c) articulação de frases e parágrafos (coesão textual).

Expressão – até 30 (trinta) pontos:

  1. a) desempenho linguístico de acordo com o nível de conhecimento exigido para o Cargo/Área;
  2. b) adequação do nível de linguagem adotado à produção proposta e coerência no uso;
  3. c) domínio da norma culta formal, com atenção aos seguintes itens: estrutura sintática de orações e períodos, elementos coesivos; concordância verbal e nominal; pontuação; regência verbal e nominal; emprego de pronomes; flexão verbal e nominal; uso de tempos e modos verbais; grafia e acentuação.

A importância da correção

Não adianta NADA ( em caixa alta mesmo..rs) fazer uma redação e não corrigir. Como você vai identificar os seus pontos fracos? Como vai conhecer as suas dificuldades? Nem pense em deixar a sua redação guardada na gaveta.

Fig.2 Corrija a sua redação!

O segredo do sucesso é a prática. É por meio da correção que você vai melhorando e aos poucos vai aumentando a sua nota. Outra dica é: ao treinar redação, coloque um cronômetro do lado. Saiba quanto tempo você gasta para produzir um texto.

Tenha um cronograma detalhado

O seu planejamento de estudo precisa ser detalhado. Não é só colocar “redação” – sexta-feira, por exemplo. Coloque o horário que você vai começar, o tema que pretende trabalhar e prepare o ambiente.

Faça isso para TODAS as disciplinas. Não é só colocar o conteúdo, mas também a forma de estudo, o assunto que será visto e o tempo estipulado. Quanto mais detalhado e organizado o seu cronograma de estudo, melhor.

Feedback: o seu guia!

O feedback será a sua melhor orientação sobre o seu desempenho nas redações. Treinar redação não é fácil, mas vai valer a pena. Confira com carinho cada correção e procure melhorar os seus pontos fracos.

Cumpra as suas metas, treine e pratique. Procure fazer o máximo de redação que puder dentro do seu tempo disponível de estudo.

Que você possa ter sucesso na sua prova e para ajudar na sua preparação confira o curso GRATUITO com as melhores técnicas de estudo para a sua prova com a professora Flávia Rita.

Ficou alguma dúvida? É só enviar o seu comentário e compartilhe essas dicas nas redes sociais.

 

Deixe seu Comentário

Comentários