/Português para concurso: 7 erros que estão impedindo a sua aprovação!


Português para concurso: 7 erros que estão impedindo a sua aprovação!

441

por: Equipe Flávia Rita

Neste post, você vai conhecer 5 erros que estão impedindo a sua aprovação. Estudar para concurso público requer disciplina, força de vontade e muita determinação. Mas, é fundamental conhecer os seus pontos fortes e fracos, para saná-los, a fim de ganhar tempo e produtividade nos estudos. Vamos lá?


1. Não ter um planejamento!

O planejamento é fundamental para a sua aprovação. Ao se planejar, você consegue prever o tempo necessário para cumprir todos os conteúdos da disciplina, inclusas, nesse processo, a revisão periódica e a resolução de questões.

É por meio de um cronograma bem estruturado e que contemple uma organização de curto, médio e longo prazo, que você poderá saber quais as matérias e quando elas serão estudadas. A partir disso, você terá um controle maior sobre sua preparação, o que lhe permitirá chegar preparado para a prova. Para se planejar, siga os seguintes passos:

  • Comece fazendo uma planilha, com a divisão em dias, semanas e meses;
  • Disso, determine objetivos e estipule prazos para serem cumpridos;
  • Agora, remodele sua rotina, de maneira a tornar factível a previsão de metas de curto prazo.
  • Nessa fase, não se esqueça de considerar as atividades e os compromissos fixos, ou seja, aqueles que não podem ser excluídos, como trabalho, faculdade, atividades domésticas, entre outros.
  • Com essa divisão do dia, você poderá ver quais os melhores horários para estudar de maneira consistente;
  • Assim, defina os horários do seu estudo.
  • Distribua os conteúdos no horário definido para o seu estudo.
  • Detalhe a forma de estudo de maneira que sejam contempladas diferentes abordagens da matéria ao longo do tempo. Por exemplo, ao estudar português para concurso coloque a forma (PDF, livro, vídeoaula, entre), o assunto e a natureza da atividade (aula, revisão, exercícios…).

2. Não fazer revisão

Lembre-se de sempre fazer a revisão dos conteúdos estudados, pois ela é fundamental para mantê-los em sua memória de curto, médio e longo prazo. De nada adianta apenas focar na teoria, mas não a revisar periodicamente. O esquecimento é não só um processo natural do nosso organismo, mas é, sobretudo, um processo essencial. É ele que evita o acumulo de informações inúteis ou desnecessárias. Por isso é preciso revisar para relembrar as regras, os detalhes e os conceitos, pois isso torna, para nosso cérebro, aquele conteúdo como relevante.

Para revisar, você poderá utilizar diversas estratégias. O mais pedagogicamente eficiente é conjugar diferentes formas de revisão, como fichamentos, resumos e mapas mentais, além, é claro, da resolução de questões. Lembre-se sempre de intercalar essas atividades.

  • Comece a revisão de curto prazo com os fichamentos, pois eles servirão para se organizar inicialmente a informação e para produzir o primeiro material para as futuras revisões.
  • Posteriormente, revise as fichas produzidas e as organize num formato de resumo, ampliando o conteúdo delas.
  • Na última faze, revise as fichas + os resumos e elabore os mapas, com todas as informações relevantes das matérias, ou seja, com os detalhes que julgue importante para fins de provas.
  • Nunca deixe de separar um tempo para a revisão periódica – diária, semanal, quinzenal e mensal. Ela é tão ou mais importante que a própria aquisição de conhecimento.
  • Não se esqueça de fazer uma triagem dos conteúdos que apresenta mais dificuldade, pois eles deverão ser revistos com espaços de tempo menores.
  • Após a revisão, se sentir que falta algum conteúdo ou algum esquema para aprender a matéria, não deixe de os colocar no material.

Se quiser ler mais sobre isso, não deixe de ver nossos textos:

3. Não fazer questão

A aprendizagem, como você está vendo, é otimizada com a conjugação de diferentes técnicas. Uma das mais importantes é a resolução de exercícios, pois é ela que irá possibilitar a você obter um feedback dos conteúdos estudados e de quais não estão sendo bem aprendidos. Existem, contudo, quem tenha medo de fazer questões por se julgar pouco preparado, mas isso não passa de uma autossabotagem. O treino de questões serve exatamente para medir nossos erros e nos apontar uma direção a seguir.

Além do mais, são as questões que demonstrarão os padrões de cobrança das bancas, ou seja, é a partir delas que os candidatos poderão se familiarizar com as matérias preferidas pelas organizadoras e com as chamadas “pegadinhas”. Isso determinará o grau de preparação para a hora da prova.

Assim, por que devo fazer questão?

  • Questões são uma ótima maneira de se fixar o conteúdo estudado
  • Além disso, ajudam na assimilação dos conceitos teóricos
  • Também auxiliam a compreender como os assuntos são cobrados pela banca organizadora, o que facilita a familiarização dos candidatos com o perfil específico de cobrança
  • Porque se possibilita a identificação dos assuntos mais recorrentes

Lembre-se sempre de realizar um controle das questões resolvidas. Procure, por exemplo, fazer uma planilha com o número de questões diárias, com o número de acertos e de erros. A partir disso, você conseguirá mesurar o seu rendimento em cada matéria.

Se você tem alguma dúvida sobre como fazer questões, veja nosso texto:

4. Não fazer simulado

Um dos principais erros durante o estudo do português para concurso é não fazer simulado, que é um aliado para a aprovação. Por meio do simulado, você pode identificar os assuntos que está tendo mais dificuldade e que precisa ser revisado com mais frequência.

Aproveite para fazer um resumo das questões de português para concurso que errou no simulado e de outras disciplinas. Está estratégia vai ajudar na fixação do conteúdo.

  • Encare o simulado como se fosse a prova do seu concurso.
  • Prepare o ambiente: cronometre o tempo, deixe ao seu lado todos os materiais que for precisar e mantenha o foco no objetivo.
  • Faça o simulado de forma concentrada e aproveite a oportunidade para aprender.

5. Não conhecer seus pontos fracos!

Quais são as suas dificuldades ao estudar português para concurso? Quais os assuntos que você não tem muito conhecimento e precisa revisar?Você tem o hábito de fazer uma autoavaliação? Se não, que tal começar a fazer? Anote as mudanças que precisam ser feitas, para que você tenha o resultado almejado.

  • Comece a fazer um caderno dos itens que você precisa mudar e escreva a ação que será feita ao lado.
  • Crie o hábito de fazer uma autoavaliação. Isso é essencial para saber os pontos que você precisa mudar.
  • Lembre-se de que para conseguir os resultados, você deve fazer as mudanças. Seja o seu maior aliado durante a sua preparação.
  • Se você precisa melhorar em redação, por exemplo, fique atento aos feedbacks da sua correção. Os seus maiores erros estão na introdução, conclusão ou desenvolvimento?
  • Ao estudar português para concurso, que assuntos você erra mais? Faça uma lista para identificá-los. Assim, você poderá programar as suas revisões de forma estratégica.

6. Não estudar por meio de questões

Você foca na quantidade de questões resolvidas ou no aprendizado? Você se preocupa em resolver 50 questões ou aprender com cada uma? É essencial que o seu foco seja no aprendizado. Não adianta NADA resolver 100 questões no dia e não aprender com elas. Já parou para pensar nisso?

  • Separe as questões que mais errar ou tiver mais dificuldade para resolver.
  • Refaça essas questões. Assim, você vai revisar o conteúdo e sanar as suas dificuldades.
  • Revise o conteúdo por meio de questões
  • Aprenda com cada exercício que resolver. Se você errar o assunto com frequência, é fundamental fazer uma revisão na parte teórica, para reforçar os conceitos.
  • Que tal fazer um resumo das questões que errar? Está é uma excelente estratégia para manter o conteúdo na memória.

7. Não acreditar! 

Não adianta estudar português para concurso ou qualquer outro conteúdo e não acreditar na sua aprovação. Você deve desenvolver a confiança em si mesmo e acreditar no seu potencial. Antes de começar a estudar, pense o porquê quer passar e conquistar a sua aprovação. 

  • Como será a sua vida após a posse?
  • O que pretende fazer?
  • O que vai realizar?
  • Pense, imagine e vivencie cada momento.

Uma dica: que tal fazer um mural com os seus sonhos? É simples: em uma folha ou no computador coloque imagens de tudo o que deseja conquistar após a posse. Vai viajar? Cole imagens do lugar que deseja conhecer. Use a sua imaginação e criatividade.

Não encare o estudo com desânimo, preguiça ou falta de força de vontade. Lembre-se de que é isso que vai mudar a sua vida, por isso, estude com alegria e coloque energia. Desta forma, a caminhada será mais leve e você vai aprender com muito mais facilidade. Não coloque pensamentos negativos e nem seja pessimista.

Estude, faça a sua parte e viva cada dia da melhor forma. Pague o preço e mantenha a força. Você precisa acreditar que tem capacidade para aprender e conquistar o que você quiser. Com planejamento, persistência, disciplina e dedicação você vai conseguir a sua vaga. Acredite e dê o seu melhor durante a sua trajetória. 

Bons estudos e muito sucesso.

Não perca:

Deixe seu Comentário

Comentários