/Redação discursiva FCC: 5 fatores que diminuem a sua nota!


Redação discursiva FCC: 5 fatores que diminuem a sua nota!

264

por: Equipe Flávia Rita

Você tem muita dificuldade em fazer redação discursiva FCC? As provas organizadas pela banca, geralmente, valem 100 pontos e uma boa pontuação faz a diferença para a posse. Ou seja, não basta ir bem na prova objetiva, mas, também, garantir uma boa nota na discursiva.

Por isso, preparamos uma lista com 5 fatores que podem diminuir a sua nota na redação discursiva FCC. Que tal ficar de olho, para evitá-los?

Redação discursiva FCC: fuga do tema!

O candidato precisa ter atenção redobrada para não fugir do tema proposto pela banca. Normalmente, na redação discursiva FCC são distribuídos 100 pontos da seguinte maneira: 50 pontos de estrutura e conteúdo (macroestrutura) e 50 pontos de expressão (microestrutura).

 

Fig.1 – Não fuja do tema

 

A macroestrutura avalia se a redação discursiva FCC foi feita de acordo com o tema solicitado, a organização estrutural, a ordem direta dos períodos, o número de linhas, entre outros. A microestrutura abrange o domínio da língua portuguesa, ou seja, concordância, regência, colocação pronominal, entre outros.

Desta maneira, a relação que você fizer entre o tema solicitado e o seu conhecimento de mundo estará incluído na macroestrutura.

Não fazer um desenvolvimento completo!

A redação dissertativa FCC é uma das mais temidas devido ao nível de complexidade exigido nas provas. Para gabaritar, não abasta apenas ter conhecimento de mundo, é necessário saber relacionar as ideias com os fatos contemporâneos.

Neste sentido, por exemplo, não adianta escrever informações “batidas”, pois a FCC cobra temas reflexivos e o desenvolvimento da sua redação deve ser completo. Logo, você deve dispor de tempo para estudar e fazer leituras que sejam consistentes dos temas solicitados pela banca. Descura como tirar 100 na redação FCC!

Não planejar para fazer uma redação discursiva FCC!

O que você faz antes de escrever uma redação discursiva FCC? Planeja e prepara um roteiro, ou escreve direto na folha definitiva?  Antes de começar a elaborar a redação, faça um roteiro com as ideias que não podem faltar no seu texto.

Fig.2 Planeje!

Escreva sobre os dados, exemplos, comparações, ou seja, os argumentos que pretende usar para fazer a sua redação discursiva FCC.

Introdução pouco objetiva

O que é uma introdução objetiva e boa para a FCC? Resumindo: é a que aborda de forma completa o tema solicitado. Ou seja, você precisa retomar as palavras chaves e apresentar a sua introdução e o que será desenvolvido ao longo do texto.

A introdução da sua redação discursiva FCC não deve ser muito extensa, você pode usar, por exemplo, 2 a 3 frases para apresentar as suas ideias.

Não cuidar da estética

Geralmente, a parte estética da redação discursiva FCC está relacionada à letra pouco legível ou a falta de capricho. Parece óbvio, mas muitos candidatos perdem pontos porque não se preocupam com a estética do texto.

Fig.3 – Cuide de cada detalhe!

A sua letra precisa estar legível, seu texto escrito de acordo com a norma culta, pontuado e com coerência. Por isso, antes de entregar a sua redação, não se esqueça de fazer uma revisão atenta de cada detalhe, viu? Outra dica é você sempre marcar no comando as palavras chaves do enunciado, pois assim você conseguirá escolher melhor os argumentos.

Antes de preparar a sua próxima redação dissertativa FCC, fique atento as nossas dicas, a fim de evitar estes erros recorrentes.

Estratégias de estudo

Nesse tópico, resolvi separar algumas estratégias de estudo que ajudarão você a desenvolver uma redação discursiva FCC, que se vocês colocarem em prática podem ter certeza de que será o diferencial, para a aprovação de vocês.  Lembre-se de que para ter sucesso não é fazer o que a maioria faz, mas, sim, a minoria, ou seja, quem está disposto a pagar o preço. Nesse texto, eu escrevo, justamente, sobre isso!

Você sabia que são poucos estudantes que leem o edital? A maioria lê apenas o conteúdo que é cobrado nas provas objetivas, a data de inscrição, o tipo de redação, e pronto. Nem todos leem os critérios de correção de uma prova discursiva FCC, por exemplo.

Para ter sucesso, é preciso correr atrás e conhecer a banca. Abaixo segue os critérios de correção que foram cobrados na prova do TST técnico:

Na Prova Discursiva – Redação, considerando-se que o texto constitui uma unidade, os itens discriminados abaixo serão avaliados em estreita correlação:
Conteúdo – até 40 (quarenta) pontos:

a) perspectiva adotada no tratamento do tema;
b) capacidade de análise e senso crítico em relação ao tema proposto;
c) consistência dos argumentos, clareza e coerência no seu encadeamento.

Estrutura – até 30 (trinta) pontos:
a) respeito ao gênero solicitado;
b) progressão textual e encadeamento de ideias;
c) articulação de frases e parágrafos (coesão textual).

Expressão – até 30 (trinta) pontos:
a) desempenho linguístico de acordo com o nível de conhecimento exigido para o Cargo/Área;
b) adequação do nível de linguagem adotado à produção proposta e coerência no uso;
c) domínio da norma culta formal, com atenção aos seguintes itens: estrutura sintática de orações e períodos, elementos coesivos;concordância verbal e nominal; pontuação; regência verbal e nominal; emprego de pronomes; flexão verbal e nominal; uso de tempos e modos verbais; grafia e acentuação.

Será atribuída nota ZERO à Prova Discursiva – Redação que:
a) fugir à modalidade de texto solicitada e/ou ao tema proposto;
b) apresentar texto sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em versos) ou qualquer
fragmento de texto escrito fora do local apropriado;
c) for assinada fora do local apropriado;
d) apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;
e) estiver em branco;
f) apresentar letra ilegível e/ou incompreensível.

Veja como difere a correção da prova para o cargo de Analista Judiciário da área de taquigrafia ( TST):

A prova consistirá em:
registro taquigráfico, durante 5 (cinco) minutos, de texto a ser previamente sorteado e ditado em velocidade variável e crescente, de 80 (oitenta) a 90 (noventa) palavras por minuto.
decifração do texto, obrigatoriamente, em microcomputador PC (Pentium ou equivalente), sistema operacional, Windows 7 e editor
de texto Microsoft Word for Windows, versão 2010 ou 2013 pelo prazo de 1 hora, não sendo permitido ao candidato o uso de
máquina própria.

A correção da prova será efetuada com base no texto digitado, conforme os seguintes critérios:
a) não havendo erro – nota 100 (cem);
b) de zero a cinco erros (inclusive) – nota 95 (noventa e cinco);
c) de cinco (exclusive) a dez erros (inclusive) – nota 90 (noventa);
d) de dez (exclusive) a dezesseis erros (inclusive) – nota 85 (oitenta e cinco);
e) de dezesseis (exclusive) a vinte e dois erros (inclusive) – nota 80 (oitenta);
f) de vinte e dois (exclusive) a vinte e oito erros (inclusive) – nota 75 (setenta e cinco);
g) de vinte e oito (exclusive) a trinta e quatro erros (inclusive) – nota 70 (setenta);
h) de trinta e quatro (exclusive) a quarenta erros (inclusive) – nota 65 (sessenta e cinco);
i) de quarenta (exclusive) a quarenta e oito erros (inclusive) – nota 60 (sessenta);
j) de quarenta e oito (exclusive) a cinquenta e três erros (inclusive) – nota 55 (cinquenta e cinco);
k) de cinquenta e três (exclusive) a 60 erros (inclusive) – nota 50 (cinquenta);
l) mais de sessenta erros – nota 0 (zero).

Critérios para contagem de erros:
− palavra omitida, acrescida ou substituída, sem alteração de sentido: 0,5 (zero vírgula cinco) erro;
− palavra omitida, acrescida ou substituída, com alteração do sentido: 1 (um) erro;
− os erros de palavras, desde que consequentes, serão contados uma única vez (por exemplo, se o texto diz “… um escolar” e o candidato
escreveu “… uma escola”, o erro será contado uma única vez por consequente);
− palavras soltas, erradas, sem formar sentido: 1 (um) erro por palavra;
− no caso de concorrência de erros (por exemplo, omissão de 5 (cinco) palavras e substituição por 3 (três) erradas, computar-se-á o número
maior de erros.

Desta forma, a prova discursiva FCC na prova do TST para o cargo de técnico valeu nada menos que 100 pontos. Se você estiver estudando para técnico da FCC, confira 20 temas que foram cobrados, agora. 

Eu sugiro que você sempre leia o edital do seu concurso de maneira atenta, não apenas os itens básicos, mas também os critérios de correção, o tipo de redação que será cobrado, entre outros. Pesquise temas que já foram solicitados pela organizadora do seu concurso também.

Outra estratégia é ter um bom planejamento. Você sabe o que quer? Organizar o seu dia é fundamental para manter a disciplina, evitar ansiedade, principalmente, manter a sua tranquilidade. Desta forma, o seu foco deve ser apenas dar o seu melhor, na atividade que estiver fazendo.

Quantas redações você faz por semana? Separa um tempo para ler e ficar por dentro de tudo o que acontece? Analisa cada erro da sua redação, para aprender? Cumpre o seu planejamento? Você precisa saber o que está fazendo, por isso, redação precisa estar incluída no seu planejamento.

Além de montar o planejamento, cumpri-lo é o principal. Lembre-se de que ele deve se ajustar a sua rotina, por isso, deve ser real e compatível com o seu cotidiano. Cuidado para não montar um cronograma muito sobrecarregado, pois isso será prejudicial. Equilíbrio, sempre!

Tente fazer, pelo menos, duas redações por semana. Parece muito? Você pode fazer uma na terça e outra no fim de semana, por exemplo. Mas professora, eu preciso estudar sábado e domingo? Sim. Precisa! rs …O segredo é aproveitar cada tempo  disponível que você tem, principalmente, se precisa trabalhar durante a semana.

Conforme eu já falei, tudo deve ser feito com equilíbrio. Estude durante o dia, e aproveite à noite para sair com os seus amigos ou ficar com as pessoas que ama. Descanso é essencial para o sucesso.

Resumindo …

 

Tome muito cuidado na prova objetiva, sobretudo com o tempo gasto. Muitos candidatos gastam horas na parte objetiva, e depois têm que fazer a redação correndo e de qualquer jeito. Com a concorrência, a redação é o diferencial para você tomar posse. Desta forma, calcule bem o tempo que você vai deixar para fazer o seu texto.

Eu sugiro, que você faça muitos simulados antes de fazer a prova objetiva. É uma das melhores estratégias para saber quanto tempo está gastando. Mas, é necessário que você simule como se fosse a prova mesmo, ok? Ou seja: imprima o simulado, escolha um local tranquilo e silencioso e mantenha o foco.

Se você não morar sozinho, converse com as pessoas e explique que não poderá ser interrompido. A sua prova vai durar 4 horas? Então, separe 4 horas para fazer o simulado da prova objetiva e a redação. Se não tem tempo durante a semana para fazer isso, faça no fim de semana. Que tal deixar alguns domingos livres para treinar e fazer simulado?

Assim, você poderá ter um desempenho “real” da sua prova. Lembre-se de que não adianta NADA ( em caixa alta mesmo..rs) fazer um simulado e deixar o celular ligado e as mídias conectada. No dia da prova, você não terá acesso à internet. Desta forma, mantenha o foco e encare o exercício como se fosse o grande dia. Isso é: não atrase, não adie, não procrastine e não crie desculpa. Marcou no seu planejamento para fazer o simulado domingo à tarde, mas o seu melhor amigo convidou para sair? Qual a sua prioridade?

Depois que você passar, poderá curtir vários fins de semana e com dinheiro no bolso. Mas, até lá dedique-se e dê o melhor de você para conquistar o seu sonho. Estudar, muitas vezes, é diferente de pagar o preço. Qual é a sua escolha? Aproveite cada minuto do seu tempo e procure dar o seu melhor em todas as áreas da sua vida, não apenas nos concursos. É isso que faz a diferença!

Intensifique a sua preparação com o curso on-line Oficina de Redação FCC com a professora Flávia Rita. Nas aulas, ela aborda os temas trabalhados pela organizadora e você ainda conta com correção detalhada, para conhecer seus pontos fortes e fracos, a fim de saná-los. QUERO ASSISTIR A UMA AULA GRATUITA!

Qual é o seu principal erro na redação? Como podemos te ajudar? Conte para a gente!

Equipe Flávia Rita

 

Deixe seu Comentário

Comentários