fbpx

Concordância verbal casos de dupla concordância

Equipe Flávia Rita

Concordância verbal casos de dupla concordância

A concordância verbal traduz os casos de flexão do verbo segundo as formas do sujeito. Em outras palavras, a forma como o verbo concorda em número com o sujeito. Há casos em que, devido à composição do sujeito, o verbo poderá concordar com mais de um termo, sendo correta sua assunção tanto da forma plural quanto singular. Esses casos são chamados de dupla concordância. Aqui vamos ver os casos de dupla concordância que mais aparecem em suas provas. Para ajudar a fixar a matéria, separamos 10 questões sobre a matéria.

Para rever os casos gerais de concordância ou se aprofundar mais nas dinâmicas verbais, confira nossa aula sobre o tema.

TIPOS DE CONCORDÂNCIA

Quando se fala de concordância verbal, deve-se considerar três possibilidades: uma concordância lógica, uma atrativa e uma ideológica.

  • CONCORDÂNCIA LÓGICA

A chamada concordância lógica se dá a partir da flexão do verdo com o núcleo ou os núcleos do sujeito.

 Por exemplo: A maioria dos alunos estuda muito.

O verbo estudar concorda com a expressão partitiva maioria, a qual corresponde com o núcleo do sujeito “a maioria dos alunos”.

  • CONCORDÂNCIA ATRATIVA

A concordância atrativa, diferentemente da lógica, dá-se com o termo mais próximo.

Exemplo: A maioria dos alunos estudam muito.

No caso acima, o verbo estudar concorda com o termo mais próximo, ou seja, alunos. 

  • CONCORDÂNCIA IDEOLÓGICA (SILEPSE)

A concordância ideológica é feita de acordo com a ideia sugerida pelo termo.

Por exemplo: A maioria estudam muito. (incorreto de acordo com a norma culta).

ATENÇÃO! A concordância ideológica nem sempre é normativa, sendo mais um recurso de texto estilístico do que normativo.

CASOS DE DUPLA CONCORDÂNCIA

Os casos de dupla concordância são aqueles em que o verbo, em razão da estrutura sintática da oração, poderá concordar ou atrativamente, ou seja, com o termo mais próximo, ou logicamente, com o núcleo do sujeito. Separamos os 13 casos mais comuns que podem aparecer na sua prova.

 #1 Expressões partitivas (a maioria, a minoria, um pequeno número…) + determinante podem ter uma concordância lógica ou atrativa.

  • A maioria do povo brasileiro trabalha de verdade.
  • A maioria das pessoas trabalham / trabalha de verdade.

Observação: Expressões partitivas são aquelas que indicam uma parte de um todo. As mais comuns são: a maioria, a minoria, grande parte, grande número, pequena parte…

#2 Em expressões com numeral + determinante, a concordância poderá ser lógica ou atrativa.

  • 15% da população apresentou / apresentaram problema.

Entretanto, tenha atenção nas situações em que ambos os termos se encontrem na forma plural, pois, nesses casos, o verbo, obrigatoriamente, será flexionado no plural.

  • 15% dos produtos apresentaram problema

#3 Em caso de sujeito composto, quando posposto ao verbo, a concordância poderá ser tanto lógica como atrativamente.

  • Ficou clara a decisão e o argumento.
  • Ficaram claros a decisão e o argumento.

#4 Quando houver pronome indefinido ou interrogativo no plural + nós/vós, aconcordância poderá ser lógica ou atrativa.

  • Qual de nós sabe isso?
  • Quais de nós sabe / sabemos isso?

#5 Em nomes próprios no plural, haverá caso de dupla concordância

  1. Quando houver artigo, o verbo ser flexionado no plural.
  2. Se não houver artigo, verbo será flexionado no singular.
  • As Minas Gerais representam bem o Brasil.
  • Minas Gerais representa bem o Brasil.

#6 Expressões estereotipadas – Ser + Adjetivo comum (é proibido, é necessário, é permitido, é bom):

  1.  com determinante: variam.
  2. sem determinante: masculino singular.
  • Exemplo (com determinante): A água é boa.
  • Exemplo (com determinante): É permitida a entrada de alunos.
  • Exemplo (sem determinante): Água é bom.
  • Exemplo (sem determinante): É permitido entrada de alunos.

#7 O verbo SER (verbo de ligação) pode concordar ora com o sujeito ora com o predicativo.

  • Tudo é/são flores.
  • A vida é/são escolhas.

#8 Em caso de sujeito unido pela conjunção alternativa “ou”, deve-se observar a ideia expressa na oração. 

  1. Quando exprimir ideia de exclusão, o verbo será flexionado no plural.
  2. Quando exprimir ideia de inclusão, o verbo será flexionado no singular.
  • A biologia ou o meio predomina na formação do indivíduo. (exclusão)
  • A biologia ou o meio influenciam na formação do indivíduo. (inclusão)

#9 Nos casos de sujeitos unidos por “com”, a concordância poderá ser tanto atrativa quanto lógica.

Atente-se que, em regra, usa-se o plural.

  • A professora com os alunos decidiram a data da prova.

O singular é contudo, admitido para dar ênfase ao primeiro elemento (singular).

  • A professora com os alunos decidiu a data da prova.

#10 O verbo parecer apresenta uma regra específica para a dupla concordância.

Nos casos de locução verbal, o verbo parecer irá varia, enquanto o verbo no infinitivo segue sem flexão.

  • Eles pareciam compreender isso. (locução verbal)

Na hipótese de período composto, o sujeito será oracional, com o verbo parecer sendo flexionado no singular, seguido por verbo no infinitivo flexionado como sujeito.

  • Parecia que eles compreendiam isso. (período composto: sujeito oracional = que eles compreendiam isso)

#11 Em locuções verbais, apenas o verbo auxiliar irá variar. O verbo no infinitivo não se flexiona.

  • As pessoas começam a entender a matéria.
  • Podem, no Brasil, por motivos variados, existir problemas econômicos.
Observação: Não seria possível, mantendo-se o sentido e a correção, substituir, na frase acima, o verbo “existir” por “haver”.


#12 O verbo SER, nos casos de impessoalidade ou de oração sem sujeito, como na indicação de hora, data ou distância, concordará com o numeral.

  •  Hoje são 8 de janeiro.
  • Hoje é dia 8 de janeiro.

#13 O verbo concordará com o numeral dois casos:

  1.  em expressões de quantidade aproximada sem determinante;
  2. e nos verbos bater, soar, tocar, dar, restar, faltar…, quando seguidos de sujeito numérico.
  • Cerca de um milhão foi gasto no setor.
  • Cerca de um milhão de pessoas esteve/estiveram no local.
  • Menos de duas pessoas acertaram a questão.
  • Estão faltando 15 dias para a prova.

Questões de Concordância Verbal

Questão 01 (FCC) As normas de concordância verbal encontram-se plenamente respeitadas na frase:

  • (A) Não convêm aos cientistas em geral e aos físicos em particular acreditar em fenômenos cuja ocorrência não possa ser analisada de modo objetivo.
  • (B) Depreendem-se dessas observações que existe condições necessárias para que a observação dos fenômenos tenham validade científica.
  • (C) Reservam-se aos esotéricos de todo tipo a restrição que cabe levar em conta quando se quer apurar a evidência de um fenômeno real.
  • (D) Atribuem-se às pessoas mais crédulas o fascínio que sobre elas exercem os fenômenos que julgam tão mágicos quanto verdadeiros.
  • (E) Constituem-se como méritos reais da ciência as leis invariáveis que comprovam a materialidade de um fenômeno adequadamente observado.

Questão 02 (FEPESE) Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal.

  • (A) Nem eu nem você sabe dirigir.
  • (B) Mais de um carro de choque se chocou.
  • (C) Ela tinha deixado de visitá-lo havia vários anos.
  • (D) Um conselho, uma palavra amiga eram suficiente para colocá-la tranquila.
  • (E) Flores, vasos, toalhas, guardanapos, tudo que será utilizado nas mesas estão aqui.

Questão 03 (UNOESC) Assinale a alternativa em que a concordância verbal está errada:

  • (A) Não faltarão voluntários para ajudar.
  • (B) Maria e José seguem caminhando até o trabalho.
  • (C) Sou eu quem responde pela empresa.
  • (D)Uma junta de bois puxavam o arado.

Questão 04 (CONSULPLAN) Dentre os segmentos a seguir, há exemplos cuja concordância não segue as normas da linguagem escrita, registro da norma padrão, com EXCEÇÃO de:

  • A) “Sou poeta das brenha,”
  • B) “Da lida pesada, das roça e dos eito.”
  • C) “Trabaio na roça, de inverno e de estio.”
  • D) “Que chora pedindo o socorro dos home,”

Questão 05 (CESGRANRIO) A concordância da palavra destacada foi realizada de acordo com as exigências da norma-padrão da língua portuguesa em:

  • (A) A visibilidade da Via Láctea e o brilho das estrelas eram necessárias para a tradição dos povos primitivos.
  • (B) O caroço e a casca da manga, descartadas na natureza, em 2016 começaram a servir para a criação de um tipo de plástico.
  • (C) O milho e a soja plantadas em solo fértil são fontes de renda para muitas famílias em variadas regiões do Brasil.
  • (D) O soro e a vacina contra picada de abelha foram pesquisadas nos últimos 20 anos para o desenvolvimento antiapílico.
  • (E) As frutas e os legumes orgânicos passaram a ter muita procura nos grandes centros urbanos na atualidade.

Questão 06. (VUNESP) Assinale a alternativa em que o enunciado atende à norma-padrão de concordância verbal.

  • (A) Além de Cebolinha, surgiu vários outros personagens da Turma da Mônica que fizeram muito sucesso com o público em geral.
  • (B) Já faziam dez anos que Cebolinha tinha sido criado, quando a primeira revista da Mônica surgiu em 1970 e foi 200 mil exemplares nessa tiragem.
  • (C) O primeiro problema enfrentado por Mauricio de Sousa foi o fato de seus personagens serem todos homens, não haviam mulheres.
  • (D) Mauricio de Sousa não gostou dos significados encontrados no dicionário, que não dizia respeito àquilo que ele pensava de si mesmo.
  • (E) As mulheres sentiam-se representadas pela Mônica e, como os leitores haviam pedido, a menina acabou se tornando a dona da rua.

Questão 07. (PREFEITURA DE FORMIGA – MG) A identificação do sujeito de uma oração é indispensável para o estabelecimento adequado da concordância verbal. Relativamente à concordância do verbo sublinhado em “Do nada, a criação e edição do site parou de funcionar.”, assinale a afirmativa correta.

  • (A) Os dois núcleos do sujeito estão no singular, por isso o verbo deverá concordar com eles, também flexionado no singular.
  • (B) O verbo deveria estar flexionado no plural para concordar com os dois termos que constituem os núcleos do sujeito composto.
  • (C) Como o verbo está posicionado depois do sujeito composto, de acordo com a norma padrão, ele deverá estar flexionado no singular.
  • (D) Se o verbo estivesse flexionado no plural, estaria em desacordo com a regra de concordância verbal proposta pela variedade padrão do idioma.

Questão 08. (CESGRANRIO) A frase em que a concordância nominal do elemento em destaque se dá de acordo com as regras da norma-padrão é:

  • (A) As lembranças e o saudosismo são dolorosas.
  • (B) As pessoas não deveriam ficar sós no final da vida.
  • (C) Caixas de notebook não têm nada de encantadora.
  • (D) É desnecessário a tristeza causada por boas lembranças.
  • (E) Temos de ficar em alertas para não sofrermos com o saudosismo.

Questão 09. (IDIB) Na oração “O povinho somos todos nós...” (l. 9), o verbo destacado está realizando a concordância com

  • (A) o substantivo coletivo “povinho”.
  • (B) o pronome indefinido “todos”.
  • (C) o pronome pessoal “nós”.
  • (D) o pronome oblíquo “nós”.

Questão 10. (CONSULPAM) Quanto às regras de concordância nominal e verbal, o único item CORRETO é:

  • (A) Os diversos Estudos estão organizados por meio de Disciplinas, pelo critério de afinidade e coordenação dos assuntos e áreas de conhecimento.
  • (B) A fase básica apresenta fundamentos e conceitos que servirá de fundamento para os estudos e atividades de alta complexidade que se ocorrerá a seguir.
  • (C) A fase conjuntural aprofunda e integra conhecimentos que vão possibilitar a efetivação de avaliações conjunturais e a construção de cenário, nacional e internacional, elaborados nesta fase.
  • (D) Durante esse período, são estabelecidos condições para que o estagiário complemente os conhecimentos iniciais por meio de estudos de problemas conjunturais do Brasil.

GABARITO

  • Questão 01 – Letra E
  • Questão 02 – Letra C
  • Questão 03 – Letra D
  • Questão 04 – Letra C
  • Questão 05 – Letra E
  • Questão 06 – Letra E
  • Questão 07 – Letra B
  • Questão 08 – Letra B
  • Questão 09 – Letra C
  • Questão 10 – Letra A

Depois dessas explicações e do treino com as questões selecionadas, ainda restou alguma dúvida acerca da concordância verbal, mais especificamente, dos casos de dupla concordância? Se ainda tiver algum ponto que não ficou claro, não deixe de falar pra gente na seção de comentários! Além disso, caso queira saber sobre os cursos e escolher aquele que é melhor para você, não deixe de entrar em contato conosco pelos telefones

Caso tenha algum assunto que gostaria de ler por aqui, deixe sua sugestão na seção de comentários.

Deixe seu Comentário

Comentários

CONTINUE LENDO