/Concurso TJMG 1ª instância: Instituto AOCP apresenta a melhor proposta!


Concurso TJMG 1ª instância: Instituto AOCP apresenta a melhor proposta!

5917

por: Equipe Flávia Rita

O projeto básico referente ao concurso TJMG 1ª instância já foi divulgado, e 4 bancas disputam pela realização do concurso:

 ESPP Concursos
 Instituto de Educação de Desenvolvimento Social Nosso Rumo
 Consuplan
 Instituto AOCP

 

Atualmente a banca  Instituto AOCP é detentora da melhor proposta no pregão eletrônico para a realização do concurso TJMG 1ª instância. Confira o documento!

De acordo com documento do projeto básico, o concurso TJMG 1ª instância terá oportunidades para os cargos: Oficial de Justiça Avaliador, nível médio, e Técnico Judiciário, nível superior, nas especialidades de Assistente Social Judicial e Psicólogo Judicial. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Que tal começar os estudos?

 

Concurso TJMG 1ª instância: cargos previstos

De acordo com o projeto básico, o concurso TJMG 1ª instância deve ter oportunidade para:

 

A remuneração inicial para nível médio é de R$ 3.457,11 e R$ 5.413,98, para superior. O valor da taxa de inscrição para o concurso TJMG 1ª instância deve ser de R$ 70,00 para o cargo de Oficial de Justiça Avaliador e R$ 90,00 para o cargo de Técnico Judiciário.

Requisitos de cada cargo:

Oficial Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador 

Requisito: nível médio de escolaridade

Técnico Judiciário – Psicólogo Judicial

Requisito: graduação em curso superior de psicologia, reconhecido por órgão governamental competente e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.

Técnico Judiciário – Assistente Social Judicial

Requisito: graduação em curso superior de serviço social, reconhecido por órgão governamental competente e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe de categoria.

Provas do concurso TJMG 1ª instância

Os candidatos devem ser avaliados por meio de provas objetivas – 60 questões- e redação. As provas devem ser aplicadas em Belo Horizonte,  Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.Nas tabelas abaixo, você confere o número de questões e as disciplinas cobradas para cada cargo:

Entenda a diferença entre o TJMG 1ª e 2ª instância!

De acordo com o projeto básico do concurso TJMG 1ª instância, o certame será composto pelas fases:

a) uma prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os
cargos/especialidades oferecidos; e
b) uma prova de redação, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos/especialidades
oferecidos

Além disso, ocorrendo empate os seguintes critérios serão estabelecidos:

a) idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, até o último dia de inscrição no concurso, em
observância ao disposto no parágrafo único do artigo 27 da Lei n° 10.741, de 1º de outubro de 2003
(Estatuto do Idoso);
b) maior pontuação na prova de Redação;
c) maior pontuação na disciplina Língua Portuguesa, constante da prova objetiva de múltipla escolha;
d) maior pontuação na disciplina Noções de Direito, constante da prova objetiva de múltipla escolha;
e) maior pontuação na disciplina Conhecimentos Específicos, constante da prova objetiva de múltipla
escolha;
f) maior pontuação na disciplina Noções de Informática, constante da prova objetiva de múltipla
escolha;
g) exercido ou exerça função de jurado em Tribunal do Júri, nos termos do art. 440 do Código de
Processo Penal;
h) maior idade, sendo consideradas as informações prestadas pelos candidatos no requerimento de
inscrição.

Concurso TJMG 1ª instância: comissão formada

Divulgada a portaria que constitui a comissão responsável pela organização do concurso TJMG 1ª instância. Segundo o documento publicado no Diário do Judiciário Eletrônico o certame será para provimentos de cargos e formação de cadastro reserva na justiça de primeira instância ( justiça comum e juizados especiais).

Confira:

RESOLVE: Art. 1º Fica constituída a Comissão Examinadora de Concurso Público para o provimento de cargos e formação de cadastro reserva do Quadro Efetivo do Pessoal da Justiça de Primeira Instância (Justiça Comum e Juizados Especiais) do Estado de Minas Gerais.

Art. 2º A Comissão Examinadora terá a seguinte composição:

I – membros titulares:

  1. a) Desembargador Wagner Wilson Ferreira, que a presidirá;
  2. b) Desembargadora Alice de Souza Birchal;
  3. c) Desembargadora Hilda Maria Pôrto de Paula Teixeira da Costa;
  4. d) Bacharel Carlos Schirmer Cardoso, representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Minas Gerais – OAB/MG;

II – membros suplentes:

  1. a) Desembargadora Kárin Liliane de Lima Emmerich e Mendonça;3
  2. b) Desembargadora Denise Pinho da Costa Val. Parágrafo único. Fica designada Daniella Silva Araújo Machado, servidora efetiva da Secretaria do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, para secretariar a Comissão Examinadora.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Belo Horizonte, 28 de maio de 2018.

Desembargador GERALDO AUGUSTO Presidente

Veja o documento!

 

Sobre o último concurso TJMG

O último concurso organizado pelo TJMG foi em 2017 e teve oportunidades para Oficial de Apoio Judicial ( Justiça Comum) e também para Oficial Judiciário ( Comissário da Infância e Juventude).

A remuneração para os cargos foi de R$ 3.457,01 e também há benefícios como auxílio-alimentação, por exemplo. As provas foram aplicadas em: Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Em 2009, também, teve outro concurso TJMG para 1ª instância. Organizado pela FUNDEP, teve oportunidades para nível médio e superior.

Para médio, o concurso TJMG teve oportunidade para o cargo de Oficial Judiciário Classe D e Oficial de Apoio Judicial. Para nível superior, o certame contou com oportunidades para Técnico Judiciário – classe C- nas áreas de assistente social judicial, psicólogo judicial e técnico judiciário.

Português foi matéria comum para os cargos. Para o cargo de Oficial Judiciário das especialidades Comissário da Infância e da Juventude e Oficial Judiciário e para o cargo de Oficial de Apoio Judicial, nível médio, contou com nada menos que 18 questões.

Para Técnico Judiciário das especialidades Assistente Social Judicial e Psicólogo Judicial, nível superior, também teve 18 questões. Além disso, para o cargo de Técnico Judiciário da especialidade Técnico Judiciário, de nível superior de escolaridade teve 20 questões. Confira o edital completo!

Outro concurso esperado é o TJMG 2ª instância, sabia?

Um dos conteúdos mais cobrados de língua portuguesa é concordância nominal. Por isso, a professora Flávia Rita preparou um curso GRATUITO E EXCLUSIVO:

Continue assistindo à aula!

Para auxiliar na sua preparação para o concurso TJMG 1ª instância, a professora Flávia Rita preparou os cursos:

Curso on-line: Teoria + Exercícios de Português para o concurso do TJMG 1ª Instância – Professora Flávia Rita

Com este curso de Teoria + Exercícios de português , o aluno tem condições de iniciar ou dar continuidade aos seus estudos para o concurso TJMG 1ª Instância. Também poderá contar com o direcionamento e toda experiência da professora Flávia Rita, que além de ministrar o conteúdo programático citado no projeto básico para o edital do TJMG 1ª Instância, conhece profundamente as principais bancas do Brasil, assim como a AOCP (banca que foi aprovada até o momento para este concurso).
O curso inicia com a parte teórica tendo enfoque na Revisão do conteúdo de Português.
Num segundo momento, a parte de Exercícios e Correção de Provas oferecerá a experiência de compreender os formatos de questões mais recorrentes, como as provas são formuladas e dar ao aluno condições reais de gabaritar a prova.
Português é o seu diferencial neste concurso! Serão 20 questões para o cargo Oficial Judiciário/Oficial de Justiça Avaliador e 15 questões para os demais cargos. Também será o critério de desempate juntamente com a redação!

Curso on-line: Oficina de Redação para o concurso do Tribunal de Justiça de MG – TJMG – 1ª Instância – Professora Flávia Rita

O curso de Oficina de Redação para o concurso do TJMG 1ª Instância é um curso voltado para os candidatos que pretendem ocupar um dos cargos de Técnico Judiciário (Assistente Social Judicial e Psicólogo Judicial) ou Oficial Judiciário (Oficial e Justiça Avaliador).

Todo o conteúdo é ministrado pela Professora Flávia Rita, que tem vasto conhecimento na área de segurança pública e aborda temas específicos para uma boa redação dissertativa que tem caráter eliminatório e classificatório.
O objetivo é antecipar a forma como tal conteúdo será cobrado na prova dissertativa e dar ao aluno uma base sólida de como os conteúdos são exigidos pela banca organizadora AOCP (Habilitada até o momento).
Comece a estudar antes de o edital do concurso TJMG 1ª instância ser publicado. Quanto mais cedo você começar a planejar e a organizar os seus estudos, maiores serão as chances de aprovação. O edital deve ser divulgado em pouco tempo e muitas vezes o tempo é curto até o dia da prova.
– Faça um planejamento para organizar o seu dia a dia de estudo, sobretudo se você precisa conciliar com outras atividades como o trabalho.
– Ao assistir às aulas, desconecte-se de redes sociais e celulares. Foque na sua preparação e procure dar o melhor de você.
– Preocupe-se em entender o conteúdo, ou seja, compreendê-lo. Faça resumos, mapas mentais e procure a melhor forma de assimilação do conteúdo.
– Faça questões, sobretudo da banca AOCP, que deve ser a organizadora do concurso TJMG 1ª instância. Ao resolver exercícios, você memoriza o conteúdo e consegue identificar os pontos mais cobrados dentro de cada disciplina.
– Durante a sua preparação, resolva simulados, para testar os seus conhecimentos. Eles são uma das melhores ferramentas para o seu aprendizado.
– Ao fazer simulado, encare como se realmente fosse a prova. Cronometre o tempo e tente identificar as sua dificuldades.
– Faça redação. Quanto antes você começar a treinar, melhor.

Confira também:

Você vai estudar para o concurso TJMG 2018? Compartilhe a notícia nas redes sociais e muito sucesso!

Deixe seu Comentário

Comentários